Rio Branco, Acre,


Rio Madeira atinge 15 metros e Defesa Civil monitora famílias em áreas de risco

O nível elevado ocorre devido o aumento de chuvas na cabeceira do rio Madeira, que fica na Bolívia

Na tarde desta quarta-feira (17), o Rio Madeira atingiu a cota de 15 metros, segundo informou a Defesa Civil Municipal. No mesmo dia as equipes iniciaram o monitoramento das famílias que residem em áreas de risco no perímetro urbano de Porto Velho.

De acordo com o gerente de operações e socorro da Defesa Civil, Rogério Felix, as famílias que moram em áreas de risco no Alto Madeira já receberam a visita das equipes. Na próxima semana, o monitoramento será feito Baixo Madeira.

Segundo o gerente Rogério Felix, o nível do rio pode alcançar os 17 metros entre os meses de março e abril. “Isso se deve ao aumento de chuvas na cabeceira do rio Madeira, que fica na Bolívia. Até o momento estamos em um momento estável referente à cota do rio”, explicou.

De acordo com Félix, ainda não há registro de casas sendo invadidas pelas águas. Com o aumento do nível do rio, as equipes da Defesa Civil afirmam que as famílias que residem nos bairros Cai n’agua, Triângulo, Balsa, São Sebastião, Nacional e Ramal Maravilha estão sendo monitoradas.

Foto: Roni Carvalho

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up