Rio Branco, Acre,


Secretário é acusado de ameaçar ex-procuradora de morte, de agiotagem e nepotismo

A advogada relatou que diante das dificuldades acabou pedindo exoneração do cargo 

Em entrevista ao vivo ao site Acrelândia Ao Vivo nesta quinta-feira (11), a ex-procuradora do município de Acrelândia, a advogada Helciria Albuquerque dos Santos Sá, faz graves acusações contra o secretário de administração e da Casa Civil da região, Nésio Mendes de Carvalho. Diante das dificuldades, a advogada pediu exoneração do cargo.

Segundo ela, o convite para comandar a pasta foi feito pelo prefeito Olavo Resende (MDB), no entanto, no primeiro dia de gestão, já começou a enfrentar dificuldades com o gestor. A primeira foi tentar nomear membros da família no segundo escalão da gestão, o que configura crime de nepotismo. “No primeiro escalão, o irmão dele é secretário de Educação. Um amigo, de planejamento, e o sobrinho estão nomeados com salário de R$ 6 mil reais no segundo escalão”, declarou Albuquerque.

Ainda de acordo com a advogada, Nésio tentou emplacar nomeações de parentes do atual secretário de planejamento, José Ailton de Oliveira, porém, ela alertou o prefeito que tais decretos eram ilegais. Além disso, Mendes atua como agiota no município e se negou a declarar imposto de renda. “Eu me opus a esse crime na prefeitura e passei a ser odiada, por isso pedi minha exoneração”, contou.

Outra ilegalidade proposta pelo chefe da Casa Civil foi tentar criar diárias ilegais para aumentar o salário. Mas, novamente, ouviu a negativa da administradora, fato que segundo ela, gerou ameaças, inclusive de morte. “Eu estava na sala dele, e ele falou que em Acrelândia já houve mortes de quem se propôs a atrapalhar a política da região. Eu quero que ele saiba que eu não tenho medo dele, não. Venha aqui na minha casa, você sabe onde eu moro. Ele me ameaçou porque eu sou mulher”, ressaltou.

A reportagem do ContilNet tentou entrar em contato com o secretário Nésio, mas não obtivemos resposta. O espaço está aberto a ouvir o outro lado da história.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up