Rio Branco, Acre,


Trabalhador alega prejuízo de R$10 mil com cheia de igarapé na Capital: “Perdi até a feira”

Os moradores relatam que não receberam nem mesmo produtos para desinfecção das residências

As cheias dos igarapés na Capital que atingiram mais de 370 famílias, causaram prejuízos gigantescos a diversos moradores de Rio Branco. A reportagem do ContilNet esteve no Bairro da Paz, na Travessia Sabiá, para observar de perto os estragos causados nas residências.

Em contato com o servente de pedreiro identificado por Antônio, de 39 anos, ele destacou o drama vivido na cheia do Igarapé Batista. O trabalhador afirma que não recebeu assistência por parte da prefeitura. “Nenhuma assistência, nem ajuda para tirar móveis nós tivemos. Eu perdi tudo, até uma televisão, não presta mais. Meu prejuízo foi de mais de R$ 10 mil”, contou.

Trabalhador diz que perdeu tudo/Foto: ContilNet

Segundo ele, além dos móveis perdidos, toda a feira do mês comprada para o mantimento da família foi perdida. “Não sei de onde vamos comprar, as crianças estão passando por necessidade”, relatou.

Já em uma visita ao bairro Conquista, uma moradora, que é servidora da prefeitura, frisou que os vizinhos, em sua maioria, não receberam nem mesmo produtos para desinfecção das residências. “Em toda enchente nós recebemos, nesta nem isso”, ressaltou.

A servidora que não quis registrar imagens por medo de represálias, disse que em sua casa as crianças não têm onde dormir, pois os três colchões estão encharcados. “Nossa situação está difícil, peço ajuda”, explicou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up