22 C
Rio Branco
16 maio, 2021 4:53 am

Jornalista é bloqueado no Facebook ao reproduzir fala de Bocalom sobre tratamento precoce

POR MARCOS DIONE, DO CONTILNET

O jornalista Altino Machado, que atua na Secretaria de Comunicação do Acre, teve sua conta do Facebook suspensa por 24 horas. Altino fez um post nesta sexta-feira (26) sobre as declarações do prefeito da capital, Tião Bocalom (PP), defendendo o tratamento “preventivo” da Covid-19.

Através de outra rede social o jornalista fez o seguinte comentário: “Estou bloqueado pelo Facebook de publicar qualquer coisa durante 24 horas por causa de um post em que reproduzi um trecho do vídeo da entrevista coletiva do prefeito Tião Bocalom. O Facebook interpretou a postagem como uma violação aos padrões da comunidade por conter desinformação que pode causar dano físico”.

Rede social suspendeu conta de jornalista/Imagen: reprodução

Surpreso, Altino alega que o algoritmo do Facebook não se deu conta de que ele estava apenas criticando as declarações do prefeito de Rio Branco durante uma coletiva, e ressalta que: “até o algoritmo do Facebook identifica como mentira as declarações do prefeito sobre “tratamento preventivo’ contra a covid”.

A publicação que gerou a ação do Facebook foi intitulada como “O Curandeiro Bocalom” e dizia: “Além de aglomerar numa sala apertada, o prefeito de Rio Branco Tião Bocalom defendeu com firmeza o “tratamento preventivo” contra covid ante uma plateia de médicos cubanos enviados pelo governo federal para o Programa Mais Médicos. Ele segue na contramão da ciência e dos posicionamentos e medidas adotadas pelogovernador Gladson Cameli”.

Além disso, o jornalista reproduziu um vídeo da coletiva do momento em que o gestor falava sobre o tratamento precoce da doença e defendia o uso de medicamentos sem eficácia comprovada na prevenção e tratamento da Covid-19.