23 C
Rio Branco
6 maio, 2021 7:27 pm

Autoridades policiais da fronteira investigam morte de colono na zona rural de Brasiléia

Autor do ferimento que levou vítima à óbito não foi encontrado para dar esclarecimentos às autoridades

POR O ALTO ACRE

Uma morte ocorrida na zona rural do município de Brasiléia, precisamente no Ramal Etelvi, com acesso pela BR 317 (Estrada do Pacífico), com cerca de 12 dentro da selva, está sendo investigada pelas autoridades policiais, uma vez que está cercada de dúvidas.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência (B.O.), a vítima identificada como Felipe Jacó Monteiro, de 34 anos, teria saído para fazer uma caça na companhia de Niltomar Sodré da Silva, de 28 anos, saindo por volta das 14 horas desta quinta-feira, dia 15.

Em dado momento já dentro da mata, os dois teriam avista um roedor, identificado como ‘Mucura’, foi quando Niltomar em posse de um terçado (facão), tentou golpear o animal. No movimento do braço para trás, atingiu Felipe no peito causando um ferimento fatal.

Somente por volta das 21 horas, o autor teria conseguido ajuda para resgatar o corpo e levar para o hospital de Brasileia, mas, já se encontrava sem vida. A versão contada por Niltomar aos familiares, foi a que passaram às autoridades policiais.

Foi quando souberam que o autor junto com sua companheira, vieram no mesmo veículo que trazia a vítima, mas, saltou nas proximidades do Clube da PM, localizado no km 3 da mesma BR. Nesse momento, teriam sido abordados por uma guarnição que havia sido acionada, mas, que não sabia dos fatos.

Foi relatado que o autor apresentava sinais de embriagues alcoólica, e que, quando os policiais retornaram para o mesmo local na tentativa de conduzir o suspeito até a delegacia para maiores esclarecimentos, este havia desaparecido.

O caso está em aberto.