31.3 C
Rio Branco
22 maio 2022 5:51 pm

Cerca de 40 homens armados invadem fazenda de dono da Uninorte

Os invasores, que foram acusados de pertencerem a Liga Camponesa dos Pobres (LCP), seriam ex-integrantes do Movimento Sem Terra (MST)

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 23/04/2021 14:21

O empresário e pecuarista Ricardo Leite, o Rico da Uninorte, teve uma de suas propriedades rurais invadidas na última quarta-feira (21) no estado de Rondônia.

Cerca de 40 homens fortemente armados chegaram na fazenda Santa Carmem, localizada nas proximidades da balsa que faz a travessia no Abunã, renderam e espancaram dois homens que estavam no local e ainda atearam fogo em dois veículos, um carro e uma motocicleta.

Os homens destruíram grande parte da propriedade da fazenda/Fotos: Cedidas ao ContilNet

Eles também destruíram quase todo o imóvel da fazenda e teriam roubado dois tratores. “Olha o que fizeram com a fazenda do Rico, lá em Rondônia. Derrubaram curral, tocaram fogo nas casas, roubaram dois tratores, bateram nos peões e roubaram seus carros, derrubaram a torre de comunicação… Olha o estrago que fizeram na fazenda”, disse um secretário de estado que falou com o ContilNet na noite desta quinta-feira (22).

Currais foram destruídos pelo bando que estava fortemente armado/Foto: Cedida ao ContilNet

Os invasores, que foram acusados de pertencer a Liga Camponesa dos Pobres (LCP), seriam ex-integrantes do Movimento Sem Terra (MST). Eles seriam os fundadores do novo movimento.

LEIA MAIS: Invasores da fazenda de Rico seriam ‘guerrilheiros’ comandados por ex-professor da Ufac

A invasão ocorreu na mesma região em que policiais militares foram emboscados, em outubro de 2020.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.933 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.