18 C
Rio Branco
7 maio, 2021 1:46 am

Com mais de 10% da população infectada, Santa Rosa fecha até igrejas

Pessoas diagnosticadas com a doença, caso circulem por espaços públicos, deverão pagar 1 salário mínimo de multa

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Com mais de 10% da população já infectada pelo coronavírus, o município de Santa Rosa do Purus resolveu intensificar as medidas de enfrentamento à pandemia nesta terça-feira (20).

Além do decreto estadual que trata da restrição de pessoas nas ruas durante os dias da semana, a partir das 22h, e aos fins de semana, a partir das 19h, o prefeito Jose Altamir Taumaturgo de Sá proibiu o funcionamento de alguns outros setores.

Além de lojas de alugueis de objetos pessoais e domésticos, o prefeito também proibiu a abertura de academias, igrejas e até velórios, no prazo de 15 dias.

Sobre o transporte de pessoas no município, “torna-se obrigatório a realização do exame de Covid-19 para as pessoas que ingressarem no município, devendo as empresas de
transporte aéreo e fluvial, exigir a apresentação do exame no momento do embarque, sob pena do passageiro não ser autorizado a ingressar nas dependências do município de Santa Rosa do Purus, tendo que retornar imediatamente”.

O prefeito também autorizou a instalação de barreiras sanitárias nas entradas da cidade (aeroporto e porto) para a prevenção e combate à pandemia.

Pessoas diagnosticadas com a doença, caso circulem por espaços públicos, deverão pagar 1 salário mínimo de multa.

Santa Rosa já tem 779 casos confirmados da doença e 4 óbitos.