28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 5:42 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

CPI da Educação no Acre irá investigar também fim de gestão do PT

POR RORAIMA ROCHA, DO CONTILNET

NOVA MISSÃO

O Diário Oficial desta terça-feira, 27, como previsto, trouxe a nomeação de Silvânia Pinheiro para a coordenação da Casa Civil. Ficará mais próxima do governador. Nos bastidores já se fala que esse é um movimento pré-eleitoral, pois a jornalista goza de ampla confiança de Gladson e, assim, poderá auxilia-lo de perto pensando em 2022.

BOA AVALIAÇÃO

A alta popularidade, como mostram as pesquisas, do governador é também um reflexo da gestão de Silvânia na Comunicação. Mesmo nos momentos críticos da pandemia Gladson conseguiu se comunicar bem com a população. A crise sanitária em nada abalou sua imagem.

NOVO SECRETÁRIO

O Diário Oficial também trouxe a nomeação do substituto de Pinheiro, trata-se do também jornalista Rutembergue Crispim. O Rutem, como é conhecido na imprensa, tem experiência na TV, jornais impressos e na gestão. É do quadro do Estado mas estava cedido para o Tribunal de Contas. Sua nomeação é bem vista pelos profissionais da comunicação, sem duvida fará um bom trabalho.

QUEREM FAZER FESTA

O problema de muitos grupos é que quando o governo dá a mão, querem o corpo todo. A flexibilização do decreto com medidas restritivas contra a Covid-19 aos finais de semana é a principal responsável pela manifestação que aconteceu na frente da Casa Civil na manhã desta terça-feira. Depois que bares e restaurantes voltaram a funcionar, os trabalhadores do setor de eventos se acham no direito de também serem incluídos. Não discordo. Já que não vão fazer o lockdown, que seria o recomendável, que se exploda todo mundo junto.

PAU QUEBROU

A sessão da Assembleia Legislativa de hoje pegou fogo, para quem gosta de confusão foi um prato cheio. O deputado Roberto Duarte (MDB) partiu para cima do líder do governo, deputado Pedro Longo (PV), dizendo que o mesmo não tinha palavra e fazia fofoca dos colegas.

SENSÍVEL

A principal queixa de Duarte seria que Longo não respeita a minoria e que vem “tratorando” os demais deputados. Acompanho a política local desde o primeiro mandato de Jorge Viana no governo e desconheço um líder na Casa que tenha tratado a oposição com tanta parcimônia quanto Longo. Meu amigo Roberto estava um tanto sensível hoje.

CPI DA EDUCAÇÃO

Pelo visto o governo do estado não está muito preocupado com a investigação por parte dos deputados na Secretaria de Estado de Educação. A base governista protocolou o pedido da CPI da Educação. A observação é que estenderam o processo abrangendo também os anos finais da gestão do PT. Muita água ainda vai passar debaixo dessa ponte.

SEM RETALIAÇÕES

A investigação não irá até a gestão do deputado Daniel Zen (PT) como se especulava. Aliás, se fosse uma retaliação do governo a Zen, com certeza teriam colocado o tempo em que ele foi secretário da pasta dentro da CPI.

QUEM NÃO DEVE, NÃO TEME

Zen, inclusive, mostrou serenidade e desafiou a base governista, ““Não tem problema nenhum que investigue até a geração do meu tataravô. Coloquem o período que eu fui secretário. Acrescentem isso aí!. Não tenho problema”. Zen ainda lembrou que sua gestão teve as contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado.

TEM PARA TODO GOSTO

CPI da Pandemia em Brasília, CPI da Educação no Acre. Uma coisa é certa, se houver algum tipo de irregularidade, quando o esgoto da corrupção estourar, vai sobrar para todo lado. E isso é bom. Quem tiver seus podres que arque com as consequências. A população quer ver é transparência no gasto de seus impostos.