30 C
Rio Branco
6 maio, 2021 2:03 pm

Ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas depõe na Câmara

Delegado acusa ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, de irregularidades no exercício do cargo

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

O ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas, delegado Alexandre Saraiva, está sendo ouvido na tarde desta segunda-feira (26), pela Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados. O delegado foi exonerado após apresentar notícia-crime ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na semana passada.

O delegado acusou o ministro de reação à operação de embargo de uma quantidade histórica de madeira ilegal: cerca de duzentos mil metros cúbicos, apreendidas pela Polícia Federal e por fiscais do Ibama. A notícia-crime aponta alguns possíveis delitos, dentre eles, dificultar a ação fiscalizadora do poder público no meio ambiente, exercer advocacia administrativa e integrar organização criminosa, o que o ministro ao ser abordado sobre o assunto.

O delegado foi substituído no cargo pelo também pelo delegado Leandro Almada. Segundo Saraiva as atividades do Ibama estão sendo desviadas no combate ao desflorestamento.

Logo no início da reunião, houve discussão acalorada entre os parlamentares. A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) foi impedida de falar após pedir questão de ordem. Os deputados bateram boca e perderam o início do depoimento de Saraiva.