22 C
Rio Branco
12 maio, 2021 3:05 am

‘Falta coragem moral para o Barroso’, diz Bolsonaro sobre CPI da Covid

O presidente chamou a decisão do STF de ‘’jogadinha casada” entre o ministro e a bancada de políticos de esquerda no Senado para desgastar o governo federal

POR CNN BRASIL

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar a decisão tomada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que obriga o Senado a instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o governo federal por eventuais omissões na condução dos programas de enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Alvorada, na manhã desta sexta-feira (9), Bolsonaro disse que o magistrado faz “politicalha” junto ao Senado ao adotar a medida e falta coragem ao ministro para efetivar ações. Na noite de quinta-feira (8), o presidente disse à CNN que a ordem demonstra que “há uma interferência do Supremo em todos os poderes”.

O presidente chamou a decisão do STF de ‘’jogadinha casada” entre o ministro e a bancada de políticos de esquerda no Senado para desgastar o governo federal. Bolsonaro se referiu ao fato de Barroso ter acatado o pedido de políticos da oposição ao conceder liminar a um mandado de segurança apresentado no mês passado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania – SE) e Jorge Kajuru (Cidadania – GO), que ordena a criação da CPI.

A decisão monocrática de Barroso liberou instantaneamente o tema para que fosse apreciado pelo plenário do Supremo Tribunal Federal.

Segundo Bolsonaro, a medida se furta de investigar denúncias de desvios de recursos públicos destinados ao combate do coronavírus cometidos por “muitos governadores” e “alguns poucos prefeitos”, nas falas do chefe do Executivo.

Leia a matéria completa em CNN Brasil, clicando AQUI.