30 C
Rio Branco
6 maio, 2021 2:02 pm

Fazedores de cultura comemoram agenda com a Fundação Elias Mansour: “Isso é inédito”

Presidente Correinha conhece, durante a tarde desta quinta (29), componentes da cadeia produtiva da música no AC

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

A Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM), tem, durante toda a tarde desta quinta-feira (29), uma extensa agenda. O objetivo é conhecer de perto e conversar com componentes da cadeia produtiva da música e da cultura no Acre.

A agenda, idealizada pela Câmara Técnica de Música, conta com o Presidente da FEM, Manoel Pedro (Correinha) e contempla lojas musicais, oficinas e estúdios musicais, além de conversas com os ‘fazedores’ de cultura do Acre.

O presidente da Associação de Músicos e Produtores Culturais Independentes do Acre (Amupac) e membro do Conselho de Cultura do Estado, DJ Black Junior, comemora a ação e conta ao jornalismo do ContilNet que isso é algo inédito.

“Estamos vivendo momento significativo: o presidente da FEM saindo da sua cadeira e conhecendo a cadeia da música – que é muito grande. Quem vende, quem conserta, quem é técnico, iluminador, até o artista. Isso é inédito! Precisamos nos fortalecer. A gente nunca para para mensurar a cultura acreana em termos quantitativos. Quanto a música gera? Qual a importância? O quanto isso movimenta? Precisamos discutir isso”, relata.

DJ Black, além de comemorar a ‘quebra de protocolo’ – termo usado por ele – fala ainda que essa visita vai ser importante para o fortalecimento da cultura no Acre, com a união de toda a cadeia e apoio por parte das iniciativas pública e privada.

“Queremos que a cultura avance, mas isso só é possível através da união [de todos] e parcerias entre público e privado. Com essa agenda, teremos um levantamento em termos qualitativos e quantitativos para fortalecer a cultura acreana”, afirma.

Confira a agenda divulgada pela Câmara Técnica de Música: