30 C
Rio Branco
21 abril, 2021 12:53 pm

Frank Lima diz que deve contratar neuropediatras para diagnosticar autismo

Presidente da Associação Família Azul falou das dificuldades enfrentadas por famílias de crianças com TEA

POR MARCOS DIONE, DO CONTILNET

A sessão desta terça-feira (6) da Câmara de Vereadores de Rio Branco recebeu o presidente da Associação Família Azul, Abrahão Mota Púpio, e o secretário de Saúde do município, Frank Lima. O assunto abordado foram as dificuldades enfrentadas por familiares de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Abrahão relatou que muitas famílias humildes não conseguem sequer o benefício do INSS devido a falta de um laudo médico, isso porque apenas duas médicas neuropediatra atuam na capital acreana, o que acaba atrasando os atendimentos. Ele pediu apoio aos vereadores.

“Aqui em Rio Branco só temos duas médicas especialistas que atuam na Fundação Hospitalar, e além dos autistas atendem outra série de pacientes. Peço apoio, união dos vereadores. Muitas famílias humildes não conseguem nem dar entrada no BPC, que é o benefício do INSS porque não têm o laudo médico”, disse.

Frank Lima disse que existe verba específica para atender os autistas e que será possível contratar médicos para resolver a situação dos laudos. “Temos mais de 300 famílias esperando por laudo e a Fundação não tem dado resposta.  A intenção nossa é abrir um seletivo e contratar dois neuropediatras pra que possam expedir o laudo pra quem precisa”, disse.