21 C
Rio Branco
6 maio, 2021 10:05 pm

Mãe admite que matou três filhos afogados ‘suavemente’ enquanto os abraçava

POR UOL

Após ter sido presa no último sábado (10), acusada de matar seus três filhos pequenos, Liliana Carrillo admitiu em uma entrevista à TV americana, concedida de dentro de um presídio na Califórnia, que assassinou as crianças.

“Eu os afoguei. Eu fiz isso tão suavemente, não sei como explicar. Eu os abracei, os beijei e estava me desculpando o tempo todo. Eu amava os meus filhos”, declarou ela em uma matéria veiculada ontem pelo canal KGET-TV, afiliada da NBC.

Liliana Carrillo, suspeita de assassinar três filhos, concede entrevista para TV nos EUA
Imagem: Reprodução / KGET-TV / Facebook

Ela afirmou ainda que cometeu os crimes para proteger os filhos do pai, Erik Denton, que, segundo a mulher, está envolvido em tráfico de pessoas e em uma quadrilha de pedófilos.

Os dois travavam uma disputa judicial pela guarda dos filhos nos meses que antecederam o crime.

No mês passado, Denton havia feito um pedido a um tribunal exigindo que Liliana fosse submetida a uma avaliação de saúde mental. Em entrevista ao Los Angeles Times, o pai das crianças também disse que pediu ajuda para as autoridades de proteção à criança.

De acordo com o jornal californiano, o pai relatou em documentos judiciais anteriores ao assassinato dos filhos que a ex-esposa era “extremamente paranoica”, se definia como “única responsável” pela pandemia da covid-19 e falava que sua cidade natal, Porterville, estava cercada por uma rede de pedófilos.