32 C
Rio Branco
16 abril, 2021 2:31 pm

Mesmo em crise com o UFC, Jon Jones exibe evolução física para a estreia nos pesados

Lenda do MMA vive dias difíceis com a diretoria do Ultimate, mas mantém foco para um dos grandes desafios na carreira

POR SUPER LUTAS, IG

A crise formada entre Jon Jones e a diretoria do UFC não impediu que o norte-americano seguisse forte na preparação para a estreia no peso pesado (até 120,2kg.).

Nesta terça-feira (6), o atleta usou as redes sociais para exibir sua grande forma e provar que segue o cronograma de treinamentos.

O atleta negocia um confronto contra Francis Ngannou pelo título do grupo até 120,2kg.

“Não conte os dias, faça os dias contarem”, escreveu ‘Bones’, em sua conta no ‘Twitter’.

Antes do UFC 260, realizado no final de março, Jones dava como certa sua luta contra o vencedor do confronto entre Stipe Miocic e Francis Ngannou.

A informação, no caso, foi confirmada, há alguns meses, pelo presidente do Ultimate, Dana White. O resultado no espetáculo, porém, parece ter alterado o rumo da história.

Na coletiva depois do show, o mandatário mudou o discurso e, em tom de ironia, chegou a sugerir que Jon deveria ter medo do novo campeão, Ngannou, que atropelou Miocic de forma brutal.

Além da fala, o ‘chefão’ admitiu que poderia escalar Derrick Lewis contra Francis.

No processo de ganho de massa muscular desde agosto de 2020, ‘Bones’ não recebeu bem a notícia vinda de seu patrão.

Acompanhando a entrevista ao vivo, o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.) passou a disparar contra a organização nas redes sociais.

A irritação do lutador durou dias e a ira do combatente foi tamanha que Jon chegou a pedir dispensa da companhia publicamente – mas apagou a publicação na sequência.

Recentemente, a ‘ESPN’ divulgou a informação de que o UFC ofereceu a Ngannou um confronto contra Derrick Lewis para sua primeira defesa de título.

A notícia aponta que a prioridade na divisão não é promover a superluta entre Jones e Francis.

Para conquistar o direito de tentar conquistar o segundo cinturão pelo Ultimate, ‘Bones’ terá de se adequar ao salário que será oferecido pela empresa, e não as cifras milionárias que vem exigindo.