23 C
Rio Branco
6 maio, 2021 8:26 pm

Morte de bebê após choque reacende alerta sobre carregadores de celular

Evite usar o celular conectado na tomada durante o banho ou em algum ambiente perto de água

POR UOL

Um bebê de oito meses que vivia em Araçoiaba, Grande Recife, morreu após receber um choque elétrico ao morder o fio do carregador de celular que estava plugado na tomada. A tragédia reacende o alerta sobre os acidentes que podem surgir durante a recarga de bateria.

A Polícia Civil de Pernambuco investigará o caso. O delegado Mamedes Xavier afirmou ao UOL que outras duas crianças estavam na casa. Quando o bebê levou o choque, uma delas tocou no garoto e também recebeu parte da descarga elétrica. Um adulto que tentava lidar com a situação também levou parte do choque.

“Meu filho virou anjinho”, desabafou Emerson Fernando, pai do bebê.

Entenda os riscos

Infelizmente, não é a primeira vez que tragédias como essa acontecem. Só em 2019, 42 crianças com idades entre zero e dez anos morreram por choque elétrico, segundo dados da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade).

Os riscos de choque elétrico, queimaduras, explosões e até incêndios envolvendo carregadores de celular na tomada não devem ser descartados, segundo especialistas da área, ainda que eles não sejam altos.

Existem vários cuidados a ser tomados. O primeiro deles é: não use o celular ou qualquer dispositivo eletrônico enquanto eles estão ligados na tomada.

Rede elétrica da casa precisa estar em dia

A rede elétrica da casa pode esconder problemas, principalmente se as estruturas forem muito antigas e não passarem por manutenção preventiva com frequência. A recomendação é sempre contar com ajuda de profissionais qualificados para fazer a checagem da rede.

Cuidado com o uso de carregadores piratas

Eles não são homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Por conta disso, não é possível comprovar que eles passaram por testes de resistência e de funcionamento dentro dos padrões de segurança. De acordo com os especialistas, o produto pode fornecer uma energia além da necessária. O resultado pode ser até mesmo um incêndio.

Atenção aos adaptadores de tomada

Sabe aquele “jeitinho” do brasileiro resolver os problemas com criatividade? Quando o assunto é rede elétrica, é preciso cuidado redobrado. Evite usar vários aparelhos eletrônicos plugados em uma mesma tomada com ajuda de adaptadores. Superaquecimento, choque e incêndios podem ocorrer. Nada de gambiarras elétricas.

Água e eletricidade não combinam

Evite usar o celular conectado na tomada durante o banho ou em algum ambiente perto de água. Além da descarga elétrica, o vapor da água quente também pode danificar o celular a longo prazo.

Em 2018, a jovem atleta russa Irina Rybnikova sofreu um choque elétrico após seu iPhone cair durante o banho. O aparelho estava carregando e o contato com a água foi o responsável pelo choque fatal. A água (não pura) funciona como um ótimo condutor de eletricidade.

*Com informações de reportagem publicada no dia 02/03/2020.