31.3 C
Rio Branco
18 maio, 2021 1:18 pm

Motorista chuta passageiro para fora de ônibus e é demitido; assista

Momento de agressão foi filmado por outro passageiro que estava no veículo

POR IG

Nesta terça-feira (27), o motorista de ônibus que foi flagrado chutando um passageiro para fora do veículo foi demitido, em Campinas , no interior de São Paulo. O caso aconteceu na noite do último sábado (24) e as imagens do ocorrido circulam pelas redes sociais.

O momento da agressão foi filmado por um dos passageiros da linha 404 e mostra o condutor obrigando o homem a descer, e então começa a xingá-lo e, de repente, dá um chute na vítima, fazendo com que ela caia para fora do veículo.

Em entrevista ao portal UOL , uma das testemunhas disse que não gravou o vídeo, mas estava na região da avenida João Jorge, que liga o centro de Campinas aos bairros da periferia, quando ouviu a discussão.

“O homem perguntou ao motorista se o  ônibus passava na Lix da Cunha, pois constava essa informação na placa lateral do itinerário. O motorista disse que não passava. O passageiro questionou então porque tinha na placa, e aí o condutor perdeu a cabeça”, disse a testemunha, que preferiu não ser identificada.

Segundo o portal, o  ônibus realmente não passa pelo trecho questionado pelo passageiro, levantando suspeitas de que a placa estava errada. Ainda de acordo com a testemunha, após ser agredido, o homem ficou caído no chão por um tempo.

“Eu tive que deixar a área porque a minha condução já havia chegado. Mas sei que ele ficou meio que ‘em estado de choque’, parado, não acreditando no que havia acontecido”, acrescentou.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), responsável pela administração e gerenciamento do trânsito e transporte público, disse que o motorista havia sido afastado temporariamente para avaliar as condições em que a agressão ocorreu.

“Os motoristas, enquanto prestadores do serviço de transporte público, devem se colocar à disposição dos usuários para toda e qualquer informação necessária, pois é uma atribuição obrigatória da função. Em caso de violência, o registro de um Boletim de Ocorrência junto às autoridades policiais, também deve ser feito”, informou a autarquia, por meio de nota.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), responsável pela administração e gerenciamento do trânsito e transporte público, disse que o motorista havia sido afastado temporariamente para avaliar as condições em que a agressão ocorreu.

“Os motoristas, enquanto prestadores do serviço de transporte público, devem se colocar à disposição dos usuários para toda e qualquer informação necessária, pois é uma atribuição obrigatória da função. Em caso de violência, o registro de um Boletim de Ocorrência junto às autoridades policiais, também deve ser feito”, informou a autarquia, por meio de nota.