28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 4:26 pm

“Paciência tem limite”, desabafa Socorro Neri após prefeitura ‘esquecer’ de dizer que ônibus entregues são de sua gestão

O 'esquecimento' resultou em um longo desabafo de Neri em suas redes sociais

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

A professora Socorro Neri, ex-prefeita de Rio Branco, deixou sua habitual docilidade e ternura para ir à jugular do atual prefeito da Capital, Tião Bocalom (PP), em suas redes sociais, nesta quarta-feira (21).

A causa da irritação da antecessora de Bocalom na Prefeitura está relacionada à entrega de cinco ônibus escolares à rede municipal de ensino feitos na manhã da terça-feira (21), por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme). Os veículos teriam sido adquiridos com recursos que Socorro Neri deixou e, na hora da entrega, a Prefeitura teria ‘esquecido’ de informar isso.

“Paciência tem limite”, disse a ex-prefeita. “Não posso calar diante do palco de mentiras instalado por gestores da prefeitura de Rio Branco nesta terça-feira, ao entregarem ônibus adquiridos ano passado, na minha gestão”, acrescentou.

Socorro Neri acrescentou que, por mais respeito e carinho que sempre tivera pela professora Nabiha Bestene, atual secretária municipal de Educação na gestão Boclaom, ela fez duas críticas à cole4ga. “Tenho que dizer que, no lugar de críticas injustas e rasas, lhe cabia reconhecer que os ônibus entregues hoje foram comprados na gestão anterior, com recursos do orçamento de 2020, visando melhorar o transporte escolar dos estudantes de escolas em meio rural, dar suporte à realização de atividades extra-escolares dos demais estudantes e fortalecer as atividades do Centro de Multimeios”, disse a ex-prefeita.

Segundo ela, “sucesso não vem antes de trabalho, e os atuais gestores terão quatro anos para mostrá-lo”. Para Socorro Neri à sua gestão no ato de entrega dos ônibus foram “falas rasas e desprovidas de verdade” que “menosprezam a capacidade de profissionais que, num trabalho coletivo e competente, posicionaram a educação municipal de Rio Branco como a segunda melhor entre as capitais brasileiras”.

“A verdade é que – prosseguiu a ex-prefeita -, ano passado, investimos R$ 7 milhões na aquisição de mobiliário, aparelhos de ar-condicionado, equipamentos de informática e 11 ônibus e microônibus, a partir de um planejamento construído pela secretária Vômea Maria De Araújo com os diretores das escolas públicas municipais”.

 

 

 

Confira o texto na íntegra: