18 C
Rio Branco
9 maio, 2021 8:30 am

Pedro Longo diz que Cartão do Bem visa “pessoas invisiveis”

Líder do Governo pediu a aprovação da proposta e diz que isso mostra o compromisso do governador com os mais pobres

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Em respostas aos ataques dos deputados de oposição à proposta do governador Gladson Cameli de alcançar as pessoas mais pobres com o chamado “Cartão do Bem”, o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Pedro Longo (PV), disse que o objetivo é atingir às “pessoas invisíveis”.

Por invisível, o líder do Governo qualificou pessoas que muitas vezes não têm qualquer tipo de renda e cujas dificuldades aumentaram ainda mais durante o período da pandemia, que dificulta a locomoção de pessoas e a realização de atividades que poderiam render o que comer a essas pessoas.

Pedro mlongo elogiou a sensibilidade do governador Gladson Cameli pela criação do programa e disse que isso mostra o compromisso do Govenro do Estado com as pessoas mais pobres. Segundo ele, os deputados, mesmo os de oposição, deveriam trabalhar a aprovação do projeto como propôs o governador porque, ao final, o benefício chegará a parte da população que mais precisa. “Nós estamos tratando de combate à fome”, disse o deputado.