18 C
Rio Branco
9 maio, 2021 6:41 am

Pesquisadores defendem que covid-19 seja classificada como febre viral trombótica

O artigo foi publicado nesta terça-feira na revista científica Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, da Fiocruz

POR O GLOBO

Pesquisadores brasileiros defendem que a Covid-19 deixe ser classificada como uma Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e passe a ser registrada como uma febre viral trombótica. O artigo foi publicado nesta terça-feira na revista científica Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, da Fiocruz.

Os dez autores são especialistas em terapia intensiva, cardiologia, hematologia, virologia, patologia, imunologia e biologia molecular, que atuam em seis instituições de assistência médica e pesquisa científica no Brasil, entre elas Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), Instituto Nacional do Câncer (Inca) e Instituto Carlos Chagas (Fiocruz Paraná).

Segundo os pesquisadores, os estudos mostram que, ao contrário do que se pensava no começo da pandemia, a Covid-19 vai muito além dos quadros pulmonares. O novo coronavírus (Sars-CoV-2) seria o primeiro agente reconhecido por aumentar a formação de coágulos (também chamados de trombos) que podem obstruir a circulação.

 

Leia a matéria completa em O GLOBO, clique AQUI!