18 C
Rio Branco
7 maio, 2021 2:18 am

“Sabia do peso das escolhas”, diz Márcio Bittar após ataques de Paulo Guedes

Senador se indispôs com o aliado após este criticar itens no relatório do Orçameto da União

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

O senador Márcio Bittar (MDB) agradeceu nesta segunda-feira (12) as duas notas de apoio que recebeu de seu partido e do PSDB a respeito dos ataques que sofreu do ministro da Economia Paulo Guedes após discordâncias sobre o relatório do Orçamento da União de 2021.

“Aceitei o desafio de ser relator do Orçamento 2021 sabendo do peso das escolhas na vida das pessoas. Conversei, escutei, aparei arestas, propus investirmos mais na saúde e no amparo aos que ainda precisam do Auxílio. Agradeço ao PSDB e ao MDB pelo apoio e sigo confiante de que cumprimos, em tempo hábil, com o que poderíamos pra enfrentar e transpor esse momento”, escreveu o parlamentar em suas redes sociais.

Na semana passada, Guedes, um dos nomes mais importantes do governo, proferiu duras críticas ao trabalho do senador. Ele comparou a negociação do Orçamento a uma “nave pilotada por macacos” e chamou o relatório de “troço”.

“Você está aterrissando a nave em Marte. Aí chega um macaco lá, aperta três botões, chuta o painel e começa a desviar a nave”, afirmou Guedes. O principal ponto de tensão entre o senador e o ministro diz respeito aos quase R$ 30 bilhões em emendas parlamentares previstos no relatório. Bittar alega que o Ministério da Economia sabia do valor e chamou de desleal as críticas feitas pela pasta.

O Orçamento da União de 2021 virou motivo de crise em Brasília. O texto deveria ter sido aprovado em dezembro do ano passado e segue sem definição até agora. Isso porque a proposta liderada por Bittar é tida como inexequível pelo Ministério da Economia. O senador, um dos maiores aliados de Bolsonaro na capital federal, alega que nada foi decidido sem o aval do governo.