Sem suplente, deputada Mara Rocha não pode ter mandato “tomado” pelo PSDB

Deputada foi chamada de desonesta e desleal ao anunciar que deixaria o partido

152
Deputada Mara Rocha/Foto: Reprodução

A direção do PSDB anunciou em nota emitida na segunda-feira (5) que irá buscar na Justiça o mandato da deputada federal Mara Rocha, mas isso não pode acontecer. Mara foi a única parlamentar eleita pelo partido em 2018 e não tem suplente para assumir seu cargo na Câmara Federal.

Entenda: Mara Rocha está mesmo deixando o PSDB e não é pela porta da frente

A jornalista foi eleita numa coligação do PP, PSD, MDB, DEM, Solidariedade, PTC, PMN, PR, PTB e PPS. Como ela não tem suplente, a perda do mandato por infidelidade partidária fica impossibilitada. A direção do PSDB alega que a parlamentar foi desonesta e desleal ao dizer que deixaria o partido.