17 C
Rio Branco
7 maio, 2021 4:53 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Substituto de Alysson: bolsa de apostas está fervendo

POR RORAIMA ROCHA, DO CONTILNET

NOVA PRESIDÊNCIA

O Podemos está oficialmente com um novo presidente, o ex-deputado Ney Amorim. A cerimônia de posse foi realizada na manhã de hoje, no Hotel Diff e contou com a participação da presidente nacional da sigla, deputada federal Renata Abreu (SP).

ALIADO DE GLADSON

Com a ida de Ney para o comando do partido, o governador Gladson Cameli garante mais um forte aliado para 2022. O Podemos conta com dois deputados estaduais e um vereador na capital.

COMUNICAÇÃO TRADICIONAL E INTELIGENTE

Uma boa comunicação faz toda a diferença. A prefeita de Senador Guiomard tem colocado essa premissa em prática. Além da permanente divulgação da vacinação nas redes oficiais da Prefeitura, um carros de som circulam pela cidade comunicando aqueles que não têm acesso à internet sobre locais, horários e público alvo. O resultado disso é que o município é segundo que mais vacinou no Acre, proporcionalmente.

NADA DE NOVO

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), resolveu revelar o que todo mundo já sabia, que ele irá apoiar o senador Sérgio Petecão (PSD) ao governo do Acre em 2022. Mazinho protagonizou algumas brigas com Gladson Cameli durante esses pouco mais de dois anos em o governador assumiu o Estado.

ÁGUA QUE PASSARINHO NÃO BEBE

Falando em Mazinho, durante o último final de semana o prefeito novamente ignorou as recomendações de isolamento social e apareceu nas redes sociais cantando, aparentemente cheio do “mé”. Como dizem os frequentadores do Bar da Papuda, tava que nem cobra de farmácia, afogado no álcool.

SAI POR CIMA

A saída de Alysson Bestene da Saúde já é dada como certa, agora, ele deve assumir a Secretaria de Governo, para ficar mais próximo de Gladson e auxiliar nas articulações políticas. Sai de uma pasta historicamente problemática, por ser uma área sensível de todos os governos, mas sai bem avaliado. Importante destacar que ele enfrentou o pior momento de todos os tempos, esse de pandemia.

O SUBSTITUTO

A bolsa de apostas está fervendo. Nos bastidores já se especula quem será o substituto de Alysson. Já ouvi falar de Oswaldo Leal, Izanelda Magalhães, Paula Mariano e Muana Araújo. Quem vai ser não me interessa, desde que faça um bom trabalho.

GENOCÍDIO NO BRASIL

Produção e distribuição de cloroquina, defesa do tratamento precoce, crise de oxigênio, falta de medicamentos para intubação e atraso na compra de vacinas são algumas das 18 pautas que a CPI da Pandemia irá investigar para chegar aos culpados pelo genocídio no Brasil. Já são mais de 370 mil mortos pela doença.

FEDERAL DO JURUÁ

A popularidade da deputada federal Jéssica Sales (MDB) no Jurua é em boa parte por conta do trabalho feito pelo pai, ex-prefeito Vágner, e pela mãe, deputada Antônia Sales (MDB), mas é inegável o trabalho que ela também vem fazendo. Nesses dois mandatos tem dedicado todos os investimentos para a região. Não tem nenhum município onde não tenha algum feito.

SEM OLHAR PARA PARTIDOS

E nenhum prefeito pode acusá-la de favorecer somente aliados. Em Mâncio Lima, por exemplo, que é administrada por Isaac Lima, do PT, Jéssica já destinou cerca de R$ 5 milhões. São recursos para as áreas da Saúde, Povos Indígenas, Esporte e Produção.

MINHA HUMILDE OPINIÃO

Neste fim de semana caí na besteira de comentar a identidade visual que os deputados Leo de Brito e Daniel Zen resolveram utilizar de uns tempos para cá. Tudo com fundo escuro, vídeos com trilhas sonoras fúnebres e outros adereços fantasmagóricos. Resultado: vários amigos deixaram de me seguir. Pessoal, precisa aprender a ouvir opiniões divergentes. Em boa parte, é por conta desse costume de preferir ignorar os discordantes e terem a certeza que sempre estão certos, que afastaram a simpatia de muita pessoas. Uma pena!