25.3 C
Rio Branco
22 junho, 2021 3:30 pm

Terror na Transacreana: famílias feitas reféns e pastor executado

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

POR ITHAMAR SOUZA, PARA O CONTILNET

O pastor evangélico Raimundo Araújo da Costa, de 62 anos, foi morto com um tiro de espingarda, na noite desta sexta-feira (9), no km 72 da rodovia AC-90, mais conhecida como Transacreana, na zona rural de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, durante a madrugada de sexta-feira, quatro criminosos fortemente armados fizeram as famílias de todas as propriedades rurais do Ramal Maparajuba, no km 68, reféns e colocaram as vítimas em uma única casa.

A Polícia Militar foi acionada somente durante a tarde, mas os agentes acabaram chegando na casa errada. Após a PM passar pelo local, os bandidos fugiram para uma região de mata.

Os policiais conseguiram encontrar as vítimas e colheram informações sobre as características dos criminosos. Em seguida, a guarnição iniciou uma ronda pelo local, tendo êxito de prender um dos acusados, que foi reconhecido pelas vítimas e encaminhado para a Delegacia de Flagrantes (Defla). Ao chegar na delegacia, os PMs do 1° Batalhão impediram a imprensa de registrar a chegada do individuo na unidade de Segurança Pública.

Os três comparsas do acusado conseguiram fugir e, durante a noite, chegaram a outra propriedade rural no km 72, na residência do pastor Raimundo Araújo, onde renderam a família do religioso.

O idoso estava chegando em casa após ter ido à igreja e foi recebido pelos bandidos com um tiro de espingarda, não tendo chance de defesa e morrendo no local. Em seguida, o trio fugiu pela região de mata.

A família do pastor Raimundo acionou a Polícia Militar que esteve no local e verificou que o idoso já estava sem vida. A área foi isolada para os trabalhos da perícia. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.