33.9 C
Rio Branco
24 junho, 2021 1:14 pm

Além de ser esquartejado, bebê de 5 meses morto por acreana teve partes comidas por cachorro

A prisão de Ramira aconteceu na tarde desta segunda-feira, dentro de um barco em Porto Velho

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O crime cometido pela acreana identificada como Ramira, natural de Plácido de Castro, que matou, esquartejou e enterrou o próprio filho de apenas 5 meses no quintal de uma residência, ganhou repercussão em todo o Brasil e, principalmente, no Acre.

Um dos fatos que mais chocaram a população se trata do momento em que um cachorro desenterrou os restos mortais da criança, em estado de decomposição.

Acreana é presa em RO após esquartejar filho de 5 meses e enterrar no quintal com ajuda da companheira/Foto: Reprodução

O mal cheiro que se espalhou atraiu a presença de uma vizinha, que chamou o proprietário do imóvel alugado por Ramira e sua parceira para verificar a situação. No local, o corpo da criança que havia sido puxado pelo cachorro foi encontrado.

Imediatamente, a polícia foi acionada e saiu em busca da mãe, que foi presa na tarde desta segunda-feira (17), em Porto Velho, capital de Rondônia.

Em depoimento, ela disse que acordou durante a madrugada e o filho que estava no carrinho de bebê já não estava mais respirando. Com ajuda de outra mulher, que é companheira da acusada, Ramira cavou um buraco em baixo de uma pia de lavar roupas e enterrou a criança com os braços e as pernas decepadas. Após o crime, as duas mulheres abandonaram a casa e fugiram.

A prisão de Ramira aconteceu na tarde desta segunda-feira, dentro de um barco em Porto Velho. A acusada estava deitada em uma rede e seguia com destino a Manaus, no Amazonas.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.