21.3 C
Rio Branco
10 junho, 2021 8:14 am

Após denúncias de Rocha, Moisés Diniz o taxa de “amigo da onça”

Secretário responde ataques do vice e diz que há pouco tempo ele elogiava o governador pelo combate à Covid

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Em vídeo postado em suas redes sociais, o ex-deputado e agora secretário extraordinário de assuntos estratégicos do Governo Gladson Cameli, Moisés Diniz, veio a público, na manhã desta sexta-feira (21), com duros ataques ao vice-governador Wherles Rocha. Foi a resposta do secretário, ao que tudo indica escalado para responder ao vice, às denúncias feitas à Polícia Federal, ao Tribunal de Contas da União e Ministério Público Federal no Acre na manhã de quinta-feira (20), quando Rocha foi pessoalmente à sede desses órgãos denunciar o governador por supostos desvios de verbas destinadas ao combate à pandemia do Covid-19.

Diniz taxou Wherles Rocha de “o amigo da onça”. Disse que assistiu ao vídeo de Rocha, fazendo as denúncias, em frente à sede da PF, estarrecido. “O vice-governador do Acre Major Rocha denunciando corrupção dos recursos da covid no governo dele, de Gladson Cameli e de Major Rocha. Eu fui olhar as reportagens do ano passado e vi lá no dia 20 de março o vice-governador Major Rocha visitando as obras do Into e do Hospital de Campanha reconhecendo que o Acre era o único estado do Brasil, apesar de ser pequenininho, na ponta, construiu dois hospitais permanentes”, disse. “Nos estranha que só há um ano e dois meses ele denuncia o seu governo. Ele não viu nada de errado, nenhuma corrupção, era sempre esforço do governador e dele pra gente salvar vidas. Mas, agora como houve um rompimento político, o vice-governador vai pra Justiça fazer denúncia de corrupção. Isso é muito estranho, isso não é ético e eu tenho certeza que a Justiça vai fazer justiça”, completou.