28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 3:27 pm

Beleza, moda, política, dicas e mais na coluna da Beth Passos; confira

POR BETH PASSOS, PARA CONTILNET

E-mail: [email protected]
Instagram: @beth_news_
Facebook: Beth News

A contadora Valéria Lobato dando um pit stop em São Luiz do Maranhão para visitar a terra natal e os familiares. Além de claro, dar um belo mergulho no mar.

Em Curitiba, a representante acreana @perla_aac, vice Miss Brasil Teen 2021, com @thayanara_vargass, representante de Roraima e @isadora_battisti, representante do Mato Grosso.

Dia 24 foi realizada a solenidade de instalação do quadro acadêmico e posse da diretoria e do conselho consultivo da ABROL ACRE.

A advogada e rotaryana ativa Elaine Alab Ruiz, faz parte do conselho da ABROL-ACRE.

O guapo Felipe Marques, de 17 anos, foi aprovado em direito na Universidade Federal do Acre para orgulho da família Biasoli. Especialmente a avó Helô, que mora em Portugal e a corujíssima mãe, Débora Biasoli.

Galinha pitadinha foi o tema da festa de Pietra no seu aniversário ocorrido dia 27 de abril. A mãe Fátima Resende era só corujice com sua pequena.

Nova direção na Secom, que agora é conduzida pelo jornalista Rutembergue Crispim, que além de experiente, conhece bem o Estado, possui humildade suficiente para lidar com qualquer situação, sendo uma de suas principais características. Silvania Pinheiro permanece em sua principal função, que exerce com maestria há vários anos. A mais fiel escudeira do governador Gladson Cameli, bem antes de seu casamento com a primeira-dama Ana Paula Cameli.

E o Oscar aconteceu depois de uma “limpeza” nos arredores, entenda-se (retirada dos mendigos), lá também tem. O evento caracteriza-se por ser um clássico sempre evidenciando o vintage, com uma atriz, de perfil exótico, disputada pela alta costura das grifes mais consagradas do planeta para causar furor.

Procurei à toa uma autêntica saia vitoriana no tapete vermelho, só encontrei uma sandália Croc dourada. Verdadeira visão do inferno!

Não fizeram um modelito feminino adaptado à pandemia? Chocada fiquei!

Nenhum ator vestindo uma beca inspirada na Nasa? Garanto que teria sido um ativismo performático pandêmico bem mais interessante.

Atenção Hollywood me contratem no próximo. Se houver! Meu cachê também é hollywoodiano. Só avisando!

Mauricélia Alcântara em Angra dos Reis maravilhada no #tbt das férias de janeiro.

O casal Davidson Soares e Luana Freitas com os filhos celebrando mais um mesverssário da caçula Aline.

Moda íntima (Feminina, Gestante, Pós-operatório, Masculina e Infantil), Moda Fitness, Moda Indiana, Perfumaria, Cosméticos, Decoração e Presentes em geral para a mamãe mais democrática do mundo. Globo Shop espera você!

O primeiro aninho do João foi festejado junto com o do mano Pedro que faz aniversário, 9 anos na mesma data para a felicidade da mãe Alcina e da avó Necy.

Dia 29 de abril de 1991, Gonzaguinha subiu para o plano superior e sua “luta dessa juventude que segue em frente”. Presente!

Foi autor de uma série de canções que ecoam a resistência democrática, a luta pela anistia, a conquista de um Brasil dos brasileiros e para os brasileiros. O duro aprendizado das ruas e da luta pela vida (desde pequeno ganhava alguns trocados carregando sacolas nas feiras, por exemplo) inspirou canções que ficaram no coração do povo e também nos arquivos da censura.

Desde o início, com o sucesso de Comportamento Geral (1973), era um dos principais alvos dos homens da tesoura. Em uma ocasião, nos anos 70, submeteu ao DOPS (Departamento de Ordem Pública e Social) 72 canções das quais 54 foram proibidas, entre elas Comportamento Geral.

Filho do Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, lutou desde criança pelo reconhecimento do próprio pai, que o achava “branquinho” demais e não acreditava em MPB. Felizmente os dois se entenderam e se perdoaram criando grandes e inesquecíveis momentos juntos.

O repertório de Gonzaguinha é um dos mais ecléticos e emocionantes que figuram entre os grandes da música brasileira.

On Line

*Presentear a mãe nunca é uma tarefa simples diante do desafio de traduzir a gratidão por tanto amor, cuidado e dedicação em um pacote de presente. Mas para quem tem o Boticário como aliado, a missão fica muito mais fácil. A marca tem as melhores sugestões para o Dia das Mães, com opções para diferentes perfis. São 17 kits especialmente elaborados para a data, com produtos para perfumar, hidratar a pele e celebrar esse momento bem do jeitinho que ela gosta e merece.

*Aprovada pelo Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a lista de municípios e localidades acreanas incluídas no quinto Plano Geral de Metas para a Universalização (PGMU V), que entrará em vigor no período de 2021 a 2025. São elas: Miritizal, em Cruzeiro do Sul; Corcovado (Tarauacá); Vila Campinas (Plácido de Castro); Humaitá, Caquetá e Vila do V, em Porto Acre; e Santa Cecília (Rio Branco). A medida promove a instalação de redes de alta capacidade de transmissão de dados (o chamado backhaul), para acesso à internet por fibra ótica nessas comunidades.

*Atendendo a pedido pessoal do governador Gladson Cameli o secretário de saúde, Alysson Bestene, que deixaria o cargo no início do mês de maio, ficará à frente da pasta por mais cerca de 60 dias.

*Negação NÃO É a mesma coisa que negacionismo! É compreensível estarmos EM NEGAÇÃO. Isso é da natureza humana. Mas, quem não é NEGACIONISTA tem meio que uma obrigação ética (tipo imperativo moral kantiano) de lembrar desse tipo de coisa ilustrada nessa imagem, todo dia. Sempre foi natural se contar piadas em velórios, para distrair um pouco os enlutados. A negação TEM SEU PAPEL nas fases do luto. Só não dá para ficar estacionado na negação. Tem que sentir raiva, tristeza, ódio, barganhar e entrar em depressão para, finalmente, chegarmos na aceitação da perda. Porém, é difícil!

*De certa forma, essa tragédia que esta pandemia está oferecendo, a todos embora mais a uns que a outros, não deixa de ser um pouco do que a Humanidade andava precisada para compreender que a realidade se passa fora do próprio umbigo. Antes do terraplanismo, já prosperava o individualismo, em todos os seus sentidos possíveis, inclusive a dificuldade de compreender uma outra perspectiva individual. Dificuldade essa que é a mãe de toda polarização.

*A ajuda mais sincera e real é aquela que fazemos em silêncio.

Para que alvoroço? Para que espalhar aos quatro cantos o bem que fez a alguém? Eu questiono se é bem mesmo.

A bondade não precisa ser dita, ninguém precisa saber o que você fez por essa ou aquela pessoa. O silêncio faz com que a solidariedade se transforme em uma corrente poderosa e indestrutível. Comente com os seus, ninguém precisa de jornal ou outdoor, bondade é ação e não palavras ou propaganda. Você não pensou em ligar para alguém só para contar que fez alguém sorrir, certo?

Ao invés de espalhar notícias, espalhe amor. Ajude em silêncio. Deus age assim: silencioso e eficaz. Seja bom sem sensacionalismo. Seja por ser, por essência apenas, sem cartazes ou publicidade.

*E atenção para o conselho do Papa Francisco: “Afastem-se da vaidade do dinheiro. O diabo entra pelo bolso”. Gente em que mundo o Papa está vivendo? Quem tem tanto dinheiro assim que precisa se afastar? Só os políticos, envolvidos com políticos, herdeiros e as igrejas. Chocada estou!!!

*A escravidão trouxe danos quase irreparáveis para a sociedade brasileira. A lógica é da exclusão e por isso mesmo serviços básicos para a população não têm importância. Por isso investimentos no capital humano não fazem sentido. Por isso educação, cultura e saúde são e sempre serão inimigos de quem tem atitude reacionária. O Brasil ficou menor e retrocedeu em quase todas suas conquistas sociais alcançadas por sua brava gente.

*Ótima semana minhas lindezas. Me despeço com a poesia de Lenine.
“O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência
Será que é tempo que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo para perder?
A vida é tão rara”

CHECK LIST: 20 atitudes para começar a reconectar com seu Espírito

1- Trocar as palavras “Eu Quero” por “Que o melhor se manifeste em minha vida”.

2 – Trocar o “Eu” pelo “Nós”. Para começar a se acostumar com a lei do compartilhamento que mudará o mundo nas próximas décadas.

3 –Deixar as pessoas que puxam você para trás irem embora definitivamente da sua vida.

4 – Viver a sua verdade e ter coragem de não viver mais dentro de um mundo repleto de mentiras.

5 – Agradecer por estar vivo e por ter uma consciência lúcida e não condicionada pelos padrões e controles sociais.

6 – Jamais desistir de realizar o que veio realizar nesta vida.

7 – Manter a consciência disposta e viva, mesmo não sendo mais uma pessoa tão jovem.

8 – Ousar e não ter medo de fracassar.

9 – Confiar plenamente em sua intuição e agir rápido e assertivamente.

10 – Estar disposto a quebrar os antigos paradigmas sem medo de ser julgado pelos outros.

11 – Não deixar que as pessoas digam que seu sonho é impossível e você é uma pessoa incapaz.

12– Tirar as vendas da sua mente, descobrir seus talentos e ter clareza dos frutos que a sua arvore espiritual veio gerar nesta vida.

13– Render-se e deixar a magia do mundo cuidar de você.

14 – Confiar nas inteligências invisíveis que gerenciam e amparam este mundo.

15 – Nunca procrastinar. Sempre decidir ao invés de empurrar as decisões para os eternos amanhãs que nunca chegam. Não esperar mais que os outros ou o governo façam as coisas por você. Tomar coragem e fazer por você e para você.

16- Dar menos valor para as coisas e valorizar mais as amizades, pois essas são as únicas coisas que levamos para as próximas vidas.

17- Compreender que a felicidade reside dentro do presente e ela se chama gratidão.

18 -Estar sempre conectado com seus propósitos maiores, pois são eles que alimentam sua alma todos os dias.

19- Entrar mais na natureza e sair dos lugares emparedados. Respirar e sentir a vida fluindo dentro de você.

20 – Alimentar-se bem. Comer apenas aquilo que a sua consciência e seu corpo pedem. Respeitar-se. Exercitar seus músculos com musculação, sua mente com meditação e seu coração com gratidão.

Brasil X Portugal ou Portugal X Brasil 

Portugueses e brasileiros, em tese, dois povos que compartilham a mesma língua e, respectivamente, colonizadores e colonizados. Brasileiros sempre fizeram piadas que caracterizavam os portugueses como “pouco inteligentes”. Eu sempre tendi a achar que isso tinha explicação histórica (e justificável), nas más memórias de termos sido uma nação formada no processo de colonização.  

Ultimamente (há alguns anos já), eu tenho navegado muito em sites portugueses e compreendi que tem muito mais coisa nisso aí. Embora sejamos, nós brasileiros, um povo que se formou a partir da colonização portuguesa, e deles herdamos nossa língua, a forma como nós pensamos e usamos essa mesma língua é completamente diferente. E os sites mostram isso nos menores detalhes. Exemplo? Ordenar produtos! No Brasil, as opções são: preços de menores a maiores / preços de maiores a menores. Em Portugal, as opções são: mais baratos / mais caros.  

Isso não é uma exceção. E quanto mais eu observo essas diferenças, mais me lembro de exemplos reais que ouvi a vida toda. Em tese, esses causos eram contados com o intuito de confirmar a suposição de que nós brasileiros seríamos “mais inteligentes”. Agora que eu me habituei mais a esse modo de usar o português em Portugal, o que eu percebo é que eles têm uma objetividade no uso da nossa língua comum que nós não conseguimos ter. Nem mesmo tentando, rs. 

Por exemplo (não lembro mais quem me contou esse causo, mas era um brasileiro que estava vivendo em Portugal)… O brasileiro foi ao mercadinho a que ia todo dia, no dia seguinte seria feriado. Ele perguntou à dona: 

– O mercado vai fechar amanhã? 

A dona respondeu que NÃO. No dia seguinte, ele voltou e o mercado estava fechado. Dois dias depois voltou e disse à dona: 

– Você disse que não ia fechar, mas fechou no feriado. 

– Não fechei, não. 

– Como? Eu vim ao mercado e estava fechado. 

– Estava fechado porque eu nem abri. Para fechar eu teria que abrir. 

Percebem que, nesse caso (e em muitos outros, inclusive tradicionais piadas), portugueses, pelo jeito deles de usar a nossa língua em comum, também poderiam concluir que brasileiros são “pouco inteligentes”? Eu venho percebendo isso cada vez mais. Usamos a mesma língua, mas raciocinamos, brasileiros e portugueses, quase que de maneiras inversas. E, quanto mais eu me familiarizo com esse jeitinho português, mais ele ganha a minha simpatia. É uma objetividade invejável. Porque dizer “preços de menores a maiores”, se eu posso dizer: “mais baratos”? Porque perguntar “vai fechar”, se quem nem abre, obviamente não fecha? Tenho gostado muito mesmo desse jeito mais simples de usar a língua portuguesa. Espero cada vez mais conseguir me influenciar por ele. Mas, como boa brasileira, sou chegada num caminho tortuoso para dizer as coisas. Essa coisa das veredas através das quais pensamos o grande sertão, talvez.  

Beth Passos 

Jornalista