19.3 C
Rio Branco
25 junho, 2021 5:50 am

Camelôs do Calçadão têm barracas demolidas pela Prefeitura de Rio Branco

Em nota, Prefeitura diz que todos os camelôs do Calçadão já foram contemplados com lojas no Aquiri Shopping

POR REDAÇÃO CONTILNET

Os camelôs que atuavam no Calçadão da Benjamin Constant, no Centro de Rio Branco, nas imediações do Colégio Acreano, tiveram suas barracas demolidas na noite do último sábado (15) por equipes da Prefeitura de Rio Branco.

Segundo os comerciantes, a categoria não sabia da ação da Prefeitura. Os trabalhadores disseram que vários deles chegaram a fazer empréstimos para repor as mercadorias e para tentar melhorar as vendas, quando o comércio foi reaberto. Uma trabalhadora disse que havia acabado de chegar de São Paulo com mercadorias e agora foi despejada do local de trabalho.

Remoção das barracas foi feita na noite do último sábado (15)

O vereador Arnaldo Barros (Podemos) classificou a retirada dos camelôs do local como “covardia” por parte da Prefeitura de Rio Branco. Segundo o parlamentar, os funcionários foram ao Calçadão na calada da noite fazer a demolição, para que os trabalhadores não vissem a retirada do local de trabalho deles. Ainda segundo o vereador, são mais de 50 famílias que tiram o seu sustento daquele lugar e agora vão ficar no prejuízo.

A Prefeitura emitiu uma nota de esclarecimento sobre a retirada das barracas, onde afirma que todos os camelôs do Calçadão já foram contemplados com lojas no Aquiri Shopping. Leia a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Acerca da remoção de barracas de camelôs localizados em frente ao Colégio Acreano, temos o seguinte a esclarecer:

Cem por cento dos camelôs instalados naquele local até dezembro do ano passado, foram contemplados com lojas no Aquiri Shopping;

Devido à não remoção das barracas naquela oportunidade, outras pessoas se instalaram ali e passaram a pagar aluguel, de forma irregular, aos antigos permissionários;

A atual gestão, em respeito a estes trabalhadores, promoveu duas reuniões com a comissão que os representa e propôs a saída negociada do local, comprometendo-se em apresentar uma solução em até 30 dias, período em que fará um levantamento detalhado sobre a condição de cada camelô, procurando identificar aqueles que realmente estão necessitados e que não foram contemplados com lojas no Aquiri Shopping;

A não remoção daquelas barracas tem elevado a tensão no local, tendo em vista que os outros comerciantes presentes na região exigem a retirada das mesmas;

Os lojistas do Aquiri Shopping ameaçam descer com suas mercadorias para o Calçadão caso a remoção não ocorra, pois a presença das barracas no local inviabiliza as vendas no Shopping, razão pela qual até o Sindicato dos Camelôs, por meio de ofício à Prefeitura, pediu a remoção;

A retirada das referidas barracas faz parte do processo de reorganização do Calçadão da Benjamin Constant, com vistas ao projeto de revitalização que ocorrerá em breve naquela região;

Por fim, ressaltamos que já demos início ao levantamento a fim de apresentar aos trabalhadores uma solução em 30 dias, que permita a continuidade das suas atividades em outro local definitivo, aonde não irão mais pagar aluguel a terceiros.

Rio Branco – AC, 15 de maio de 2021.
Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico – SAFRA
Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana – SEINFRA
Gabinete Militar da Prefeitura de Rio Branco
Secretaria Municipal de Finanças (Tributos) – SEFIN

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.