29.3 C
Rio Branco
14 junho, 2021 3:39 pm

CBF confirma para 2022 a Série A3 do Brasileiro de Futebol Feminino

Terceira divisão do futebol brasileiro terá 32 clubes na disputa. Com a nova configuração da competição nacional, a Série A1 permanecerá com 16 times e a Série A2 passará a ter também 16

POR GE

A CBF anunciou nesta terça-feira a criação de uma nova divisão para o futebol feminino brasileiro.

Em 2022, será inaugurada a Série A3 do Campeonato Brasileiro da categoria, com 32 clubes envolvidos na disputa.

Com três divisões, o futebol feminino passará a ter 64 agremiações em atividade no Brasileirão a partir da próxima temporada.

Atualmente, o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino tem 52 clubes distribuídos em duas divisões: 16 na Série A1 e 36 na Série A2. A partir do próximo ano, serão 16 na elite, 16 na 2ª divisão e 32 na inédita Série A3.

— Vivemos um momento de muita maturidade das competições adultas femininas, com o aumento da competitividade entre os clubes e uma visibilidade cada dia maior. Permitindo que novas equipes ingressem no circuito nacional de competições, a divisão A3 ajudará muito no aumento do mercado de trabalho para as atletas, além de incentivar o fortalecimento das categorias de base dos clubes, que ganham um calendário maior e mais estruturado — comentou Aline Pellegrino, coordenadora de Competições Femininas da CBF.

Com a criação da Série A3, o futebol feminino brasileiro passará a ter quatro competições na categoria Adulto — séries A1, A2 e A3 do Brasileirão, além da Supercopa do Brasil — e quatro nas categorias de base — Brasileirão Sub-18, Brasileirão Sub-16 e a Liga de Desenvolvimento Conmebol nas categorias Sub-16 e Sub-14.

Formato de disputa

A Série A3 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino terá os 27 campeões estaduais, os quatro melhores colocados do Ranking Nacional de Clubes do futebol masculino e um clube da federação melhor rankeada no futebol feminino, totalizando 32 equipes.

Caso o campeão estadual já esteja na Série A1 ou na A2, será substituído pelo vice-campeão, ou pelo terceiro colocado, ou pelo quarto, e assim sucessivamente, mas sempre obedecendo a ordem de classificação da competição estadual.

O mesmo acontece em caso de desistência de um dos quatro melhores colocados do Ranking Nacional do futebol masculino: a substituição se dará seguindo a classificação do mesmo ranking.

Na primeira fase da Série A3, os 32 times formarão 16 confrontos de mata-mata, em jogos de ida e volta, mas com a possibilidade de haver apenas uma partida, desde que uma das equipes vença por três gols de diferença.

A partir daí, os 16 classificados formarão oito confrontos nas oitavas de final, depois oito irão para as quartas, quatro para as semifinais e dois para a grande decisão, sendo que todas essas fases serão disputadas no sistema de ida e volta.

CBF passa a ter quatro competições de futebol feminino na categoria Adulto — Foto: Lucas Figueiredo / CBF
CBF passa a ter quatro competições de futebol feminino na categoria Adulto — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O que muda nas séries A1 e A2?

A Série A1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino manterá seu formato, com 16 equipes na disputa.

Em 2022, disputarão a elite os 12 primeiros colocados deste ano, somados aos quatro primeiros colocados da Série A2 deste ano, que conseguirão o acesso.

Já a Série A2 vive neste ano a sua última edição no atual formato, com 36 equipes.

Em 2022, serão apenas 16 times: os quatro rebaixados da Série A1 deste ano e os 12 que avançarem para as oitavas de final deste ano, mas não conseguirem o acesso para a elite (ou seja, do 5º ao 16º lugar).

Esquema a partir de 2022

  • SÉRIE A1
    16 clubes participantes

– 12 remanescentes da Série A1 de 2021
– 4 clubes oriundos da Série A2 de 2021

Formato: Grupo único em turno único, onde todos os clubes se enfrentam. Avançam para a 2ª fase os 8 melhores colocados, que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.

Troféu do Campeonato Brasileiro Feminino A1 — Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Troféu do Campeonato Brasileiro Feminino A1 — Foto: Lucas Figueiredo/CBF
  • SÉRIE A2
    16 Clubes Participantes

– 12 clubes classificados para as oitavas de final da Série A2 de 2021 (do 5º ao 16º)
– 4 clubes rebaixados da Série A1 de 2021

Formato: 4 grupos de 4 clubes, que jogam entre si em dois turnos. Avançam para a 2ª fase os 8 melhores colocados (2 primeiros de cada grupo), que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.

  • SÉRIE A3
    32 clubes participantes

– 27 campeões estaduais em 2020/21
– 4 melhores colocados do Ranking Nacional de Clubes no futebol masculino
– 1 clube oriundo do Ranking Nacional de Federações de Futebol Feminino

Formato: 1ª fase com jogos de ida e volta, caso no primeiro duelo a equipe não perca de 3 a 0. Avançam para a 2ª fase as 16 equipes vitoriosas no duelo, que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.