28.3 C
Rio Branco
23 junho, 2021 3:45 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Cheia avança e preocupa comerciantes do Centro de Manaus

Na rua Barão de São Domingos, que dá acesso à Feira da Manaus Moderna, comerciantes improvisaram paletes para facilitar o acesso dos consumidores

POR TODA HORA

O nível do Rio Negro em Manaus chegou a marca de 29,47 metros nesta segunda-feira, 10/05. A cota está a 50 cm da máxima registrada em 2012, que é de 29,97 metros. A subida da água preocupa o comércio e a saúde pública com o lixo represado em alguns pontos da cidade, principalmente, na área central.

Com o comércio recém-aberto no horário normal de funcionamento, devido às medidas de flexibilização, a cheia veio para piorar o que já estava ruim. Comerciantes do Centro, acostumados a conviver com a subida das águas, não esperavam uma cheia grande, além da possibilidade de maiores prejuízos.

Na rua Barão de São Domingos, que dá acesso à Feira da Manaus Moderna, comerciantes improvisaram paletes para facilitar o acesso dos consumidores na manhã de hoje.

“É difícil até prever o quanto teremos de prejuízo por causa da cheia. Se a água continuar subindo assim, vamos ter que fazer maromba para continuar vendendo. Não podemos fechar as portas”, desabafou Claudio Nascimento, que trabalha há 13 anos em uma loja no Centro.

A aposentada Ana Coelho disse que se surpreendeu com o ritmo avançado das águas tomando o Centro da capital. “Semana passada aqui estava sem água, quase todo dia eu estou no Centro. Tá subindo muito rápido”, relatou.

Leia a matéria completa em TODA HORA, clique AQUI!

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.