22.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 7:22 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

CNHs emitidas em Mato Grosso do Sul serão entregues pelos Correios

POR LÚCIO BORGES, DO CONTILNET

CAMPO GRANDE (MS) – O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) oficializou e comunicou nesta terça-feira (25), que a partir do próximo mês as CNH´s (Carteiras Nacionais de Habilitação) expedidas no Estado serão entregues na casa do futuro motorista habilitado. A ação será já a partir do próximo dia 1º de junho, onde todos  os documentos serão diretamente levadas no endereço dos condutores pela ECT (Empresa de Correios e Telegrafos).

O serviço pode ou não agradar, devido a atual situação de lentidão dos serviços dos Correios. Mas, o fato é que a forma até já existe a um ano, em dado serviço já está disponível aos condutores sul-mato-grossenses. A diferença é que antes, essa era uma opção e agora, passa a ser serviço exclusivamente dos Correios.

De acordo com a diretora de Habilitação do Detran-MS, para evitar desencontros, é importante que o condutor atualize seu cadastro junto ao Detran-MS. Para fazer isso, basta acessar o portal de serviços do Departamento e na aba habilitação, clicar em Alteração de Endereço do Condutor. “Outra dica importante é que o condutor preencher corretamente o e-mail e o celular para que seja informado sobre a expedição da CNH e também, para que receba instruções para baixar o documento em seu formato digital. Assim, enquanto a carteira em seu formato físico não chega, ele evita problemas”, enfatizou Lina.

Após a terceira tentativa de entrega sem sucesso, um aviso será deixado na residência informando em data limite, a agência dos Correios onde a CNH poderá ser retirada. Após este prazo, o documento é remetido à agência do Detran do município. Em Campo Grande, a retirada deve ser feita no bloco 2 da sede.

Início a um ano

Em maio do ano passado, no início da pandemia, o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, deu o ponta pé inicial no serviço e, de maneira simbólica, realizou a primeira entrega do Estado. Na ocasião, esteve pessoalmente na casa do condutor Luiz Carlos Garcia Fontoura, 63 anos, que disse ter ouvido no rádio sobre a prorrogação dos prazos mas decidiu procurar informações para renovar sua habilitação e evitar transtornos.

“Decidi procurar no site como renovar. Quando vi que tinha a possibilidade de receber em casa, não hesitei”, afirmou. Seo Carlos foi somente o primeiro dos 18.081 condutores que receberam o documento na comodidade do seu lar em um ano de serviço.

Para Rudel, esse serviço faz parte do processo que visa tornar o Detran-MS 100% digital. “Sabemos que esse é o caminho da inovação tecnológica, da modernidade, mas também de proporcionar aos clientes de Mato Grosso do Sul, mais praticidade e conforto na resolução dos problemas”, informou.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.