26.3 C
Rio Branco
8 junho, 2021 9:40 pm

Com votos de vereadores da oposição, Mazinho continuará pagando 25 mil de aluguel em imóvel

POR YACO NEWS

A julgar pelos últimos acontecimentos, o prefeito Mazinho Serafim (MDB), tem realmente a partir de agora a maioria dos vereadores ao seu lado na Câmara Municipal. A prova se deu em uma votação polêmica ocorrida na noite desta terça-feira (11), na Câmara Municipal de Sena Madureira.

Em datas anteriores, os vereadores aprovaram um Projeto permitindo que a Prefeitura de Sena funcionasse durante 60 dias em um prédio alugado já que seu prédio original foi afetado pela cheia do rio Iaco. Esse Projeto foi encaminhado para o Executivo e vetado pelo prefeito Mazinho que tem a intenção de estender o prazo. O aluguel mensal custa 25 mil reais.

Na noite de hoje os vereadores votaram para decidir se manteriam ou não o veto do prefeito. O placar foi 8 votos a favor e 5 contra. Quer dizer: Prevaleceu a vontade do prefeito. Até mesmo o vereador Dênis Araújo (PSDB), que se dizia fazer um mandato independente votou com o bloco de situação.

A votação ficou assim:

A favor do veto do prefeito: Ivoneide Bernardino, Dos Anjos, Gilberto Diniz, Canário, Carlos Belisa, Sidiney Araújo, Alípio Gomes e Denis Araújo.

Contra o veto do prefeito: Charmes Diniz, José Costa, Jacamin, Pantico e Elvis Dany.

Com o aval dado pela Câmara, a Prefeitura poderá permanecer no prédio alugado por 90 dias pagando 25 mil reais de aluguel por mês, podendo prorrogar esse prazo por igual período.