27.3 C
Rio Branco
18 junho, 2021 5:23 pm

Em Brasileia 240 famílias são beneficiadas com cestas do PAA e com programa Panela Cheia Salva

“Eu sou muito grata a Deus, a minha cidade e a equipe da prefeitura que tem entendido a nossa mensagem" disse a prefeita Fernanda Hassem

POR ASCOM

A Prefeitura de Brasileia por meio da Secretaria de Assistência Social realizou com recursos prorpios na quarta-feira (26), a entrega de produtos orgânicos adquiridos pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A concessão foi feita na quadra do bairro Leonardo Barbosa para famílias que estão em situação de vulnerabilidade social.

O local da ação foi escolhido por meio de um levantamento realizado pela secretaria de assistência social, através de cadastros, e teve o acompanhamento da prefeita Fernanda Hassem, beneficiando 120 famílias que se encaixam no perfil de pessoas em situação de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e nutricional, atendidas por programas e entidades sociais da rede de proteção e promoção social.

Para a dona Francisca Gonçalves, 55, a entrega desses produtos garante a refeição para muitas famílias. “É muito importante receber essa cesta de alimentos, isso vai ajudar muita gente que não tem o que comer e nem como trabalhar, nós do Leonardo Barbosa agradecemos”, falou dona Francisca Gonçalves.

O PAA era um programa estadual que foi encerrado, mas que a Prefeitura de Brasileia assegurou para continuar beneficiando a todos que necessitam. Uma vez por semana a gestão realiza a entrega dessas cestas.

Panela Cheia Salva

A Central Única das Favelas realizou em Brasileia, no centro cultural Sebastião Dantas, a entrega de 120 cartões ticket alimentação com valor de R$ 100,00 a mães, chefes de famílias, carentes. A ação contou com o apoio da Prefeitura de Brasileia que realizou o levantamento e cadastros dessas famílias.

No Acre foram entregues um total de Vales-Mães 1.750 gerando 11.189 cestas básicas. E em todo o Brasil o programa já beneficiou 719.721 famílias, que em toneladas de alimentos é equivalente 9.077,333 com média de 13,5 kg/cesta.

Para a prefeita Fernanda Hassem o sentimento e representatividade da ação é de gratidão. “Eu sou muito grata a Deus, a minha cidade e a equipe da prefeitura que tem entendido a nossa mensagem, para que possamos dar mais, ouvir mais, acompanhar de perto a população e toda comunidade, ver onde é o sofrimento para que possamos ajudar e buscar parceiros. A CUFA/Acre realiza um projeto de transformação social muito bonito beneficiando as mães chefes de famílias de todo o Brasil e hoje aqui em Brasileia, mães que precisam colocar comida nas mesas”, destacou Fernanda Hassem, prefeita de Brasileia.

Segundo o coordenador da CUFA/Acre, Júnior TRZ, a meta deles é beneficiar famílias de todos os municípios acreanos. “Nós temos a meta de alcançar todo o Acre, é isso que a CUFA faz, aqui em Brasileia nosso objetivo é montar uma base pois já temos um histórico de realizar ações na cidade. Estamos muito felizes com o apoio da Prefeitura de Brasileia, isso garante que possamos realizar nossas ações beneficiando mais famílias e isso é o ponta pé inicial”, ressaltou Júnior TRZ.

Para a mãe, Venica Bregensk, saber que ao chegar em casa vai poder dormir sem se preocupar com o que vai ter para comer enche o coração de alegria. “O sentimento é de gratidão, gratidão a Deus, a CUFA e a prefeita Fernanda. Quando vemos esses jovens realizando esse movimento é impossível não se emocionar. A palavra é gratidão” enfatizou Venica Bregensk, mãe beneficiada com o cartão.

A ação foi uma realização da Central Única das Favelas com apoio da Prefeitura de Brasileia, por meio das Secretarias de Cultura e Assistência Social.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.