20.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 11:48 am

Enfermeiros fazem manifestação por reposição salarial e contra privatizações no Acre

Carreata aconteceu nesta sexta-feira, seguida de ato em frente ao Palácio Rio Branco

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

Enfermeiros foram às ruas de Rio Branco nesta sexta-feira (14) pedir reposição salarial, criação de um piso nacional para a categoria e redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais. Além disso, eles pedem aposentadoria especial e o fim das privatizações de unidades de saúde no Acre.

Promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sintesac), o evento se deu em forma de carreata, com início no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) e se encerrando em frente ao Palácio Rio Branco, no Centro.

Os manifestantes se posicionaram nas escadarias do palácio e levantaram cartazes em prol de suas demandas. O ato acontece na semana em que é comemorado o Dia do Enfermeiro, 12 de maio.

De acordo com o presidente do Sintesac, o vereador Adailton Cruz, no Acre o déficit de na saúde é de cerca de 1 mil servidores. “É preciso haver concurso”, disse o parlamentar.

Ele denunciou ainda que quase 200 trabalhadores da saúde teriam morrido para a Covid-19 no Estado. Os dados são extraoficiais.

Há ameaça de greve em Cruzeiro do Sul e Assis Brasil para o dia 30 de junho caso o governo não atenda algumas demandas específicas da categoria.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.