30.3 C
Rio Branco
14 junho, 2021 5:54 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Inédito: uma mulher será a nova Defensora Pública-Geral de MS

POR LÚCIO BORGES - CORRESPONDENTE em MS

CAMPO GRANDE (MS) – O maior cargo da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, será ocupado pela primeira por uma mulher. A Defensora Pública Patrícia Elias Cozzolino de Oliveira foi nomeada, na manhã do último dia 17, ao cargo de Defensora Pública-Geral de MS, para o biênio 2021/2023. A designação foi feita já na sexta-feira (14), pelo governador Reinaldo Azambuja, mas oficialmente foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nº 10.506, do dia 17..

A Defensora Pública Patrícia Elias estava em segundo lugar na lista tríplice aprovada em eleição no dia 30 de abril de 2021. A posição ou nome da Defensora apareceu atrás do atual Defensor Público-Geral, Fábio Rogério Rombi da Silva e em terceiro lugar estava também outra candidata, Ângela Rosseti Chamorro Belli.

Nomeada ao cargo mais importante da Defensoria Pública de MS, Patrícia está no Estado há 27 anos, após passar em concurso público. Sendo natural de Presidente Prudente, São Paulo, ela ingressou na Defensoria Pública de MS após aprovação no 10º concurso público de provas e títulos da instituição, realizado em 1997.

Patricia, como defensora pública, trabalhou em Rio Verde de Mato Grosso, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Três Lagoas e Campo Grande, onde é lotada junto à 15ª DPCCON. Foi Diretora da Escola Superior da Defensoria Pública de 2013 a 2019 e primeira SubDefensora-Geral do Estado de 2019 a 2021.

Formação superior

Graduada em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso e Doutora em Direito Processual Civil pela PUC/SP, bem como é Mestra em Direito Constitucional e especialista em Direito Processual Penal.

A nova DPG-MS, é membro do IBDP (Instituto Brasileiro de Processo), IBDC (Instituto Brasileiro de Direito Constitucional) e ABDP (Academia Brasileira de Direito Processual), autora de diversos livros e artigos jurídicos.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.