22.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 8:29 pm

Invasão no Santo Afonso acaba com dois mortos e um ferido em estado gravíssimo

POR ITHAMAR SOUZA, PARA CONTILNET

Os jovens Anderson Santana Paz e Gabriel Custódio da Silva, de 18 anos, foram mortos, e Felipe da Silva Custódio, foi ferido com um tiro no rosto, na noite desta segunda-feira (24), na Rua Antônio Pedro de Morais, no Loteamento Santo Afonso, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, as três vítimas estavam conversando na frente da casa de Anderson quando foram surpreendidas por criminosos que chegaram no local em um carro modelo Corsa Classic de cor branco. Os bandidos estacionaram o veículo na esquina da Rua Antônio Pedro de Morais e um criminoso desceu do carro e, de posse de uma arma de fogo, foi até os jovens, Felipe, Anderson e Gabriel, e efetuou vários disparos.

Anderson foi executado com dois tiros na cabeça e morreu em via pública. Gabriel foi atingido com um tiro no peito e outro na cabeça e morreu dentro da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Já Felipe foi atingido com um tiro no rosto e outro no peito. Após a ação, o meliante voltou correndo para o veículo e fugiram.

Três ambulâncias do Samu, sendo duas de suporte avançada e um básica, foram acionadas para resgatar e dar os primeiros socorros. Os socorristas atestaram óbito a Anderson e encaminharam Felipe ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado gravíssimo. Gabriel ainda recebeu os primeiros atendimentos, porém, morreu a caminho do PS, sendo encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

A área foi isolada para os trabalhos da perícia. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos.

Policiais militares estiveram no local do ocorrido, colheram informações sobre os criminosos e fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado até o momento.

Ainda segundo a polícia, a morte dos jovens seria uma represália devido a morte do monitorado por tornozeleira eletrônica Leonir Lino Fernandes Júnior, de 24 anos, que foi executado com 13 tiros na noite de sábado (22), na praça do bairro Cidade Nova.

Os casos estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.