30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 3:01 pm

Mansão fantasma: caindo aos pedaços, mansão milionária de Clodovil está abandonada; veja fotos

POR DOUGLAS RICHER, DO CONTILNET

Me siga no Instagram e veja mais conteúdos: @douglasricher

Depois que o estilista Clodovil Hernandes morreu, em março de 2009, sua mansão nunca mais foi habitada. A residência é localizada em Ubatuba, no litoral de São Paulo, e serviu de refúgio para os dias agitados do famoso.

Vista aérea da mansão onde Clodovil Hernandes morava, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo - Edson Lopes Jr./UOL - Edson Lopes Jr./UOL
Vista aérea da mansão de Clodovil Hernandes em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo Imagem: Edson Lopes Jr./UOL

 

Nesta terça (25), doze anos após sua morte, o palácio do ex-deputado federal voltou aos holofotes pela revista Veja. Mergulhada em abandono, a antiga casa de Clodovil Hernandes agoniza em desuso. Em meio a uma área de preservação ambiental, o espaço tinha nove quartos, 12 banheiros, piscina, sauna, banheira de hidromassagem, lago, capela, além de cômodos com vista de tirar o fôlego para a Praia do Léo. Após a morte de Clodovil, em 2009, a residência nunca mais foi habitada.

Interior de um imóvel vazio, sem pintar, com mofos e rachaduras nas paredes
Imóvel abandonado e vazio YouTube/Reprodução

De acordo com a revista, o preço do imóvel, estimado inicialmente em R$ 1,5 milhão, já baixou 40%. O primeiro leilão foi em novembro de 2017. No segundo, em março de 2018, ninguém formulou um lance oficialmente. Em 2019, a mansão havia sido arrematada por cerca de R$ 750 mil. O comprador, contudo, desistiu da casa e pediu na Justiça todo o dinheiro de volta.

Clodovil chegou a viver no local com seis empregados: um mordomo, uma arrumadeira, dois jardineiros, um segurança e uma pessoa que cuidava dos catorze cachorros da raça pug que ele possuía.

Casa abandonada em meio a árvores e plantas sem cuidados
Mansão de Clodovil: abandonada desde sua morte YouTube/Reprodução

O site G1 entrevistou a advogada de Clodovil, Maria Hebe Queiroz, que declarou logo após o falecimento do estilista que o também ex-parlamentar não tinha recursos financeiros em sua posse. “Ele não tinha nada, estava passando necessidade. (…) O Clodovil gastava muito, ele dizia que não tinha juízo. Ele sempre foi descontrolado”.

Para os amantes do estilista e curiosos de plantão. A mansão abandonada de Clodovil não pode ser visitada sem autorização judicial.

Interior de uma casa, com vão aberto para árvores, tem mofo nas paredes
Espaço da casa com mofo nas paredes YouTube/Divulgação

Em busca da preservação do legado de Clodovil Hernandes, admiradores esperam que o poder público se mobilize para transformar o espaço em um local cultural em memória ao apresentador.

Mansão de Clodovil Hernandes, em Ubatuba (SP), tomada pelo mato - Edson Lopes Jr./UOL - Edson Lopes Jr./UOL
Mansão de Clodovil Hernandes, em Ubatuba (SP), tomada pelo mato Imagem: Edson Lopes Jr./UOL

Portão de entrada da mansão de Clodovil Hernandes, em Ubatuba (SP) - Edson Lopes Jr./UOL - Edson Lopes Jr./UOL
Portão de entrada da mansão de Clodovil Hernandes, em Ubatuba (SP) Imagem: Edson Lopes Jr./UOL

Confira as imagens divulgadas pelo canal ‘Casa & Cia’, no Youtube:

Com informações da Revista Veja (Fotos:Reprodução/Youtube/Casa & Cia)

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.