22.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 9:02 pm

NBA: Curry e Beal disputam título de cestinha e vaga nos playoffs

Liderados por suas estrelas, Golden State Warriors e Washington Wizards ainda brigam para se firmar na repescagem

POR METRÓPOLES

Apesar das polêmicas e críticas em relação ao play-in, há muito tempo a NBA não vivia um fim de temporada regular tão emocionante e com tanto ainda em disputa faltando uma semana para a fase pré-playoffs terminar.

E como bônus, o fã do melhor basquete do mundo ainda tem a oportunidade de acompanhar duas das maiores estrelas da liga brigarem pela “artilharia” e também para firmarem seus times na repescagem.

Com quatro jogos para serem disputados, Stephen Curry e Bradley Beal deverão brigar ponto a ponto para ver com quem ficará a coroa de cestinha da temporada 2020-21 da NBA.

E Golden State Warriors e Washington Wizards precisarão de cada cesta para confirmarem presença no play-in e terem a chance de disputar os playoffs.

Atualmente, a franquia da Califórnia é a 8ª colocada da Conferência Oeste, com 36 vitórias e 33 derrotas, três jogos atrás do Lakers, 7º lugar, com 38-30, e quatro à frente do New Orleans Pelicans (31-37).

Ou seja, a vaga na repescagem está praticamente confirmada. No entanto, os Warriors não podem relaxar:

De acordo com as regras do play-in, o 7º e 8º colocados terão duas chances para ir aos playoffs, caso percam seu primeiro jogo da repescagem.

Já o jogo entre o 9º e o 10º é eliminatório e, no momento, o Memphis Grizzlies está apenas meio jogo atrás de Golden State na briga pela 8ª colocação.

Apesar de a campanha estar muito abaixo do que a franquia se acostumou nos últimos anos, se os Warriors ainda têm qualquer chance de marcar presença na pós-temporada é por causa de Stephen Curry.

O armador é o atual cestinha da liga, com 31.9 pontos de média, acaba de vir de uma partida na qual anotou 49 pontos em apenas três quartos, 36 contra o Jazz (incluindo um arremesso de 3 que sacramentou a vitória de seu time nessa segunda) e, no último mês de abril, marcou 96 cestas de três (um recorde na NBA) e 30 ou mais pontos em 11 jogos consecutivos.

Se Curry tem feito chover dentro de quadra, Bradley Beal não fica muito atrás. Literalmente.

Na noite em que o armador do Warriors marcou seus 49 pontos em três quartos, o jogador do Wizards respondeu com 50 pontos, em um aproveitamento de 19 acertos em 31 tentativas.

E Beal tem média de 31.4 pontos por jogo, 5 décimos atrás de Curry.

E assim como os Warriors ainda têm muito pelo que brigar na temporada, os Wizards também lutam para garantir presença na repescagem e conquistar a melhor colocação possível.

Atualmente, é o 10º colocado, com 32 vitórias e 37 derrotas, um jogo atrás do Indiana Pacers e 1.5 jogo atrás do Charlotte Hornets na briga pela 8ª posição.

O Chicago Bulls, primeiro time fora da zona de play-in no Leste, está três jogos atrás (29-39).

A má notícia para as pretensões de pós-temporada dos Wizards e para as chances de título de cestinha para Beal é a saúde do jogador.

Devido a uma lesão na coxa, ele ficará de fora das duas próximas partidas (confira os jogos remanescentes de Washington e Golden State no fim das matérias).

Para sorte de Beal e da franquia, ao contrário de Curry, ele tem em Russell Westbrook um companheiro capaz de assumir os afazeres ofensivos em sua ausência.

Confira os jogos remanescentes de Warriors e Wizards:

Golden State Warriors

Phoenix Suns – terça (11/5), às 23h
New Orleans Pelicans – sexta (14/5), às 22h30
Memphis Grizzlies – domingo (16/5), horário a confirmar

Washington Wizards

Atlanta Hawks – quarta (12/5), às 20h
Cleveland Cavaliers – sexta (14/5), às 20h
Charlotte Hornets – domingo (16/5), horário a confirmar

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.