23.3 C
Rio Branco
18 junho, 2021 6:51 pm

No interior do AC, homem chega a 111 anos e atribui longevidade à ingestão de vinho

Fabricante do produto presenteia o consumidor longevo com uma coleção de seus produtos

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

João da Silva Lima, do alto dos seus 111 anos, completados no último dia 31 de março, conhecido por seu Zuzu, é uma simpatia em pessoa, reconhecem todos os que têm o privilégio de conhecê-lo.

Morador de Rodrigues Alves, quando o município do Alto Juruá era apenas um vasto seringal, região em que ele nasceu e se criou, viu, de repente, sua história de vida romper as fronteiras do Acre por causa de um hábito antigo: beber vinho.

Seu Zuzu diz que vinho é sagrado/Foto: arquivo pessoal

Assim que seu Zuzu atribuiu sua longevidade ao hábito do vinho, o departamento de marketing de uma grande empresa da área, que produz o vinho Dom Bosco, localizada no interior de São Paulo, não mensurou as dificuldades de logística para presentear o antigo consumidor.

Ele ganhou uma autêntica coleção com os principais produtos, incluindo o Dom Bosco. Seu Zuzu agradeceu o mimo e exibiu a carta que veio acompanhando o presente com referência aos seus 111 de vida.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.