19.3 C
Rio Branco
22 junho, 2021 5:53 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Número de mortes por Covid em MS no mês de maio já e maior que o de óbitos em acidentes de trânsito em 2020

Somente no mês de maio, conforme a secretaria estadual de Saúde (SES), foram registrados 625 óbitos, enquanto que os acidentes de trânsito provocaram 595 mortes em 2020, conforme dados do DataSUS.

POR Anderson Viegas, G1 MS

Mato Grosso do Sul confirmou mais 31 mortes por Covid-19. O estado chegou neste domingo (23) a 6.461 vidas perdidas para o novo coronavírus. Somente no mês de maio, conforme a secretaria estadual de Saúde (SES), foram registrados 625 óbitos.

A quantidade de mortes em maio, que é ainda é parcial porque o mês não terminou, já é maior do que o total de óbitos que ocorreram no estado em acidentes de trânsito em todo o ano de 2020.

Segundo dados preliminares do Painel de Monitoramento de Mortalidade, do DataSUS, tabulados pelo G1, no ano passado 595 pessoas morreram em Mato Grosso do Sul vítimas de acidentes de transportes terrestres.

Outro indicador

Outro indicador de mortalidade em acidentes de trânsito no país, o de pagamentos de indenização por morte no trânsito do Seguro DPVAT, registra um número de óbitos no estado um pouco maior que o DataSUS, 653 em 2020.

A quantidade de mortes por Covid-19 em maio, entretanto, também está bem próxima desse patamar de indenizações por morte do DPVAT e se mantida nos próximos dias a média móvel registrada neste domingo, de 37,1 óbitos por dia (tomando por base os últimos 7 dias), infelizmente também poderá superar esse indicador até o fim do mês.

Agravamento da pandemia

O boletim epidemiológico divulgado pela SES neste domingo apresenta vários números que reafirmam o alerta das autoridades de saúde do estado do agravamento da pandemia em Mato Grosso do Sul.

Foram confirmados 1.662 casos novos de Covid-19. A média móvel dos últimos 7 dias é de 1.663 registros por dia. De acordo com a secretaria, pelo terceiro dia consecutivo o estado registra a maior média móvel de infectados de toda a pandemia.

A SES ressalta ainda que o estado fechou neste sábado (22) a 20ª semana epidemiológica, quebrando o recorde semanal de casos novos da doença, contabilizando 11.270 infectados. O anterior era do começo de abril, 9.855.

O total de infectados durante a pandemia chegou a 276.877 pessoas.

A taxa de contágio que chegou a cair para 0,95 em 10 de maio, continua a crescer. Neste domingo atingiu 1,01.

Em apenas 4 dias o número de pessoas internadas com a doença cresceu 8%, passou de 1.105 no dia 19 de maio para 1.195 neste dia 23.

A taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento da Covid chegou a 98% neste domingo.

O estado, conforme a SES, tem 233 pacientes na fila de espera por um leito clínico ou de UTI para tratamento da doença. A central de regulação da macrorregião de Campo Grande tem 164 pessoas no aguardo, sendo 142 somente da capital. A central da macro de Dourados possui outros 56 e a central estadual 13.

O total de casos ativos da doença é de 16.669, sendo que 15.474 pessoas, com sintomas mais leves ou assintomáticos cumprem isolamento domiciliar.

Além dos registros confirmados, o estado tem ainda 10.321 casos suspeitos de Covid-19. Os laboratórios possuem 2.131 amostras de testes em análise e os municípios têm 8.190 notificações sem encerramento.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.