28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 6:06 pm

Polícia Federal desarticula facções e investiga lavagem de dinheiro e tráfico no Acre

O nome da operação “DIES LABORIS” faz alusão ao dia do trabalho, pois ocorre em dia de feriado nacional

POR TIÃO MAIA, PARA O CONTILNET

No Dia do Trabalho, neste 1º de Maio, a Delegacia da Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, município da região do Juruá e distante 750 quilômetros da Capital Rio Branco, desencadeou uma operação com o sugestivo nome de “dies laboris”.

Do latim, a palavra quer dizer algo como trabalho incansável, o que exatamente faz a Polícia Federal no combate sistemático ao tráfico de entorpecentes numa das regiões do Estado, na fronteira com o Peru – país apontado por organismo internacionais de segurança como um dos maiores produtores de droga do mundo – onde esta modalidade de crime parece algo endêmico.

A operação desencadeada neste sábado, em conjunto com a Polícia Civil, busca desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.
Ao todo, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva. Participaram da Operação 22 policiais federais e 11 policiais civis, além de cães farejadores.

Os mandados foram expedidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco.

Durante a ação, foram apreendidos diversos celulares, além de munições e uma quantidade de material, supostamente, de pasta base de cocaína. Os alvos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal para a elaboração dos procedimentos de polícia judiciária e posteriormente, o detido, conduzido à Unidade Penitenciária Manoel Néri da Silva (UPMN), em Cruzeiro do Sul.