19.3 C
Rio Branco
25 junho, 2021 5:29 am

Policial federal do AC acusado de matar filha de 2 meses volta ao cargo por decisão da Justiça

A pequena Maria Cecília morreu no dia 9 de março de 2019

POR REDAÇÃO CONTILNET

Acusado de ter matado a própria filha de 2 meses por asfixia, o policial federal Dheymersonn Cavalcante será reintegrado à Polícia Federal.

A determinação é do ministro Anderson Gustavo Torres, publicada pelo Ministério da Justiça em 19 de maio.

Decisão da Justiça/Foto: ACJornal

A decisão suspende o efeito da anterior publicada em dezembro, que tratava da sua demissão.

Relembre o caso

A pequena Maria Cecília morreu no dia 9 de março de 2019. O laudo do Instituto Médico Legal apontou como causa da morte broncoaspiração, ou seja, insuficiência respiratória e obstrução das vias áreas.

A acusação diz que a criança ingeriu quantidade excessiva de leite sob os cuidados da avó e do pai, o que teria provocado a morte. Ainda segundo a denúncia, o bebê só podia se alimentar de leite materno e teria consumido o produto industrializado.

O pai nega os argumentos da acusação e diz ter provas de que a filha já se alimentava de leite industrial e que a quantidade consumida não foi excessiva.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.