22.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 10:39 pm

Roberta Miranda é condenada a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais a segurança do Gusttavo Lima

Decisão é desfecho para processo de 2019, quando a artista publicou um vídeo nas redes sociais ofendendo o homem que a barrou em bastidores de show. Cabe recurso.

POR G1

A cantora Roberta Miranda foi condenada a indenizar em R$ 10 mil um segurança do cantor Gusttavo Lima. A decisão da Justiça de Goiás se baseou no vídeo que a artista publicou nas redes sociais ofendendo Paulo Sérgio de Matos, a quem ela chama de “Paulão” na gravação (assista acima). Cabe recurso da decisão.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa de Roberta por mensagem às 8h37 para pedir uma posição sobre o caso e aguarda retorno.

A reportagem também entrou em contato com a assessoria de imprensa do Gusttavo Lima por mensagem, às 8h29, e espera retorno sobre o caso. O G1 não conseguiu contato com o advogado de Paulo Sérgio para pedir que ele comentasse a decisão.

O documento foi assinado pelo juiz Eduardo Walmory Sanches na quarta-feira (19).

Na decisão, é relatado que, em 20 de outubro de 2019, a cantora foi barrada pelo segurança nos bastidores de um show do Gusttavo Lima em São Paulo. A artista registrou, em vídeo, que Paulo teria sido grosseiro com ela e o descreveu como “asqueroso” e “sem educação”.

“Esse homem é asqueroso, ele não tem educação. Você, Paulão, não tem educação. Você é um forte candidato a levar chifre das mulheres. Porque homem tem que ser educado, delicado, entendeu? Tem que ter elegância e você não teve”, diz a cantora em vídeo.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.