30.3 C
Rio Branco
23 junho, 2021 4:38 pm

Sabia que ia morrer: monitorado morto no AC já havia comprado caixão e pago 1ª parcela

POR REDAÇÃO CONTILNET

O monitorado por tornozeleira eletrônica Romário da Silva Cunha, de 37 anos, vulgo ‘Índio’, morto a tiros na noite de quarta-feira (26) na porta de casa, já sabia que iria morrer.

Romário, pelo que se foi descoberto, não só sabia que sua morte estava próxima, como se preparou para morrer. Após o crime, um representante de uma funerária procurou a delegacia para buscar informações da vítima e, comentou que o finado teria comprado um caixão para si recentemente e chegou a pagar a primeira parcela.

O crime

Segundo informações da polícia, Romário estava na porta da própria residência juntamente com a esposa, quando criminosos que estavam a pé chegaram no local e dispararam vários tiros em direção ao casal. Somente Romário foi alvejado com um tiro no peito e ainda tentou correr, mas caiu dentro do quarto já sem vida. Após a ação, os criminosos fugiram do local em direção ao rio, onde atravessaram para o lado boliviano.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.