26.3 C
Rio Branco
23 junho, 2021 9:06 pm

Tratamento precoce não é decisivo, mas a vacinação sim, diz Queiroga na CPI da Covid

Na CPI, ministro da Saúde defendeu também o uso de máscaras. Ele não quis responder se é favorável à cloroquina e senadores criticaram a 'falta de objetividade'

POR G1

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira (6) durante depoimento na CPI da Covid que o tratamento precoce não é decisivo no enfrentamento a pandemia, mas sim a vacinação e as medidas “não farmacológicas” (como distanciamento e uso de máscara).

Na CPI, Queiroga também:

A fala do ministro contraria a argumentação da bancada governista na CPI, que na sessão da quarta-feira (5) insistiu na defesa do chamado tratamento precoce. Esse método para pretensamente curar a doença é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e envolve medidas que comprovadamente não têm eficácia contra a Covid, como o uso do remédio cloroquina.

Leia mais em G1, clicando AQUI.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.