23.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 11:19 pm

Uso do Pix cresce 45% ao mês: Saiba como evitar os três principais golpes

Por ser gratuita, mais rápida e acessível, a modalidade tem não só atraído novos adeptos, como também despertado a atenção de criminosos

POR IG

Lançado em outubro, o Pix vem crescendo cerca de 45% ao mês, segundo dados da Spin Pay, fintech que conecta mais de 160 varejistas ao consumidor final com novas formas de pagamento.

Por ser gratuita, mais rápida e acessível, a modalidade tem não só atraído novos adeptos, como também despertado a atenção de criminosos.

Para evitar cair em fraudes, Alan Chusid, fundador da Spin Pay, listou os principais golpes e algumas dicas de como evitá-los, confira:

Pix: clonagem de WhatsApp

A clonagem de WhatsApp está entre os golpes mais comuns desde a criação do Pix, por permitir que os valores sejam creditados na conta dos golpistas em poucos segundos.

Por meio de um WhatsApp já hackeado, os criminosos têm acesso a lista de contatos da vítima e se passam por ela ao conversar com familiares e amigos solicitando ajuda financeira.

Para fugir desse golpe, tente ligar para a pessoa que solicitou ajuda e confirme se é realmente ela quem está fazendo o pedido.

Outra dica é confirmar os dados do destinatário antes de transferir qualquer valor, caso a conta não seja da pessoa que solicitou o Pix, não transfira.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.