32.3 C
Rio Branco
3 agosto 2021 1:33 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Amazonas é o terceiro estado em mortalidade e letalidade por Covid-19

POR AMAZONAS ATUAL

MANAUS – Apesar da estabilidade nos números de mortes no Amazonas, o estado é o terceiro nos índices de mortalidade e letalidade por Covid-19. São Paulo lidera e Rio de Janeiro é o segundo em letalidade. No número de mortes, Rondônia e Mato Grosso são os dois primeiros.

A cada 100 mil habitantes no Amazonas, 320 pessoas morrem por complicações da Covid-19. No Maranhão, a média é de 126 mortes. Em Rondônia, o primeiro estado nesse índice, o número salta para 344.

Nos últimos 14 dias, a média móvel de óbitos no estado caiu 40% e a média móvel de casos 7,4%. Nenhum estado do país está em situação vermelha, considerando a média móvel de óbitos. Após os picos da doença entre abril e maio, segundo a FVS (Fundação de Vigilância em Saúde), o contágio diminuiu.

Manaus, no entanto, ainda tem uma das maiores taxas de letalidade do país, com 4,9%. Está atrás do Rio de Janeiro, que tem 5, 8%. A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Manaus é de 56,18%. No caso dos leitos de UTI geral, 76% deles estão ocupados.

Desde o início de junho as avaliações da FVS mostram que o estado não saiu da fase laranja por pouco. Na última publicação, na segunda-feira (28), o Amazonas contabilizou 19 pontos. No dia 21 de junho foram 17 pontos, no dia 15 e no dia 7 foram 20 pontos. No dia 2 de junho foram 19 novamente. Se alcançar os 21 pontos, o estado retorna para a fase vermelha.

Vacinação

Os mutirões de vacinação ainda não foram suficientes para colocar o estado em patamar melhor, comparado a outros estados. O Amazonas está em 15º no ranking de doses aplicadas no país. O estado vizinho, Pará, está em 13º lugar. Em fevereiro, o Amazonas ocupava o primeiro lugar.

A região Norte é a mais prejudicada nas aplicações, sendo a que menos vacinou até o dia 28 de junho. Na ordem de vacinação: Pará, Amazonas, Rondônia, Tocantins, Acre, Amapá e Rondônia.

Em Manaus, 822 mil pessoas receberam a primeira dose da vacina. Destas, apenas 312 mil completaram o ciclo da imunização, com a segunda dose. A cidade está vacinando seguindo o critério de idade, com pessoas acima dos 28 anos sendo contempladas.

Todos os dados apresentados podem ser encontrados em monitoramentos da FVS, do Ministério da Saúde e da Prefeitura de Manaus.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.