27.3 C
Rio Branco
18 junho, 2021 4:19 pm

Ao lado de igreja, acreano cria “Café com Fofoca” e recebe mais de 200 pessoas por dia

“O bom é que as pessoas fofocam um pouquinho aqui e conversam com Deus, em seguida, às vezes. Equilibra”, finalizou

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Na Rua Coronel José Galdino, no bairro do Bosque, em Rio Branco, existe um lugar que ficou popularizado nos últimos dias por oferecer um café da manhã caprichado e a possibilidade de deixar os clientes bem informados sobre tudo o que acontece no cotidiano. É o Café com Fofoca, criado pelo empreendedor Marcos Elias Souza de Araújo, de 25 anos.

O espaço tem pelo menos 6 anos de história/Foto: ContilNet

O espaço montado na calçada da Paróquia Santa Inês não é recente, tem pelo menos 6 anos de história, mas o nome foi dado nos últimos 6 meses pelos clientes que frequentam diariamente o local. O nome emblemático não surgiu do nada.

“Há 6 anos estou por aqui vendendo café. Um dia, meus clientes entraram em consenso sobre qual nome teria o espaço e já me trouxeram o banner com tudo pronto. Aí nasceu o Café com Fofoca. Isso porque nós conversamos sobre tudo aqui, todos os dias. Política, entretenimento, esporte, cultura, o que os políticos estão fazendo nos bastidores, etc”, contou à reportagem do ContilNet.

Marcos recebe diariamente dezenas de clientes/Foto: ContilNet

Marcos aderiu à ideia e resolveu confeccionar até farda para trabalhar. Ele acorda todos os dias, de segunda a sábado, 1h da manhã para preparar a alimentação e levá-la às 5h para a barraca que recebe pelo menos 200 pessoas, diariamente.

Com a venda do café da manhã e do segundo prato que é adquirido tanto quanto o delicioso bolo de macaxeira – a fofoca -, o acreano diz que já conseguiu abrir seu segundo ponto, também no Bosque, onde seu irmão vende os produtos.

Marcos Elias tem 25 anos e sustenta a família com o que ganha no empreendimento/Foto: ContilNet

“O fluxo aqui é muito grande. A conversa, também, é claro [disse dando gargalhadas]. Eu vivo disso aqui e sustento minha família há 6 anos”, comentou.

Um dos clientes de Marcos é o aposentado José Rebouças, de 75 anos, que é acreano, mas mora em Brasília há alguns anos. Sempre que está de férias e vem ao Acre, o destino de todas é manhãs é certeiro.

“Estou por aqui todos os dias, sempre que estou no Acre, de férias. Não posso deixar de colocar as boas conversas em dia e aproveitar um delicioso café da manhã. Esse lugar é espetacular”, destacou o idoso.

José Rebouças, de 75 anos, visita o local todos os dias/Foto: Reprodução

Elias disse que não vê problemas em ter o Café com Fofoca próximo de uma igreja católica – que entende a forma de diálogo em sua doutrina como um pecado.

“O bom é que as pessoas fofocam um pouquinho aqui e conversam com Deus, em seguida, às vezes. Equilibra”, finalizou, em tom de brincadeira.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.