30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 1:36 pm

Após retirar nome de CPI, petista Jonas Lima diz que não foi pra base de Gladson

“Eu tenho caráter”, afirmou o parlamentar, em sessão remota nesta terça-feira

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

O deputado estadual Jonas Lima (PT) esclareceu nesta terça-feira (1), em sessão remota na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que o fato de ter retirado sua assinatura da CPI da Educação não significa que tenha migrado para a base do governador Gladson Cameli (Progressistas).

“Eu tenho caráter”, afirmou o petista, sem explicar os motivos pelos quais tirou seu nome da lista de parlamentares pró-CPI, enterrando assim a comissão que investigaria indícios de corrupção em uma das maiores pastas do estado.

Lima disse ainda que é amigo pessoal do governador, porém permanece como adversário político. Ele aproveitou seu tempo no grande expediente para criticar o governo, especialmente pela falta de médico na unidade mista de Marechal Thaumaturgo. Na semana passada, uma mulher grávida morreu na hora do parto sem atendimento médico.

“O Acre está de luto. Achei que essa página estaria virada. Cadê a gestão desse governo? Me mostrem. Cadê? Governador, converse com seus secretários. Política é pra cuidar da vida das pessoas”.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.