22.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 8:25 pm

Bancários e jornalistas podem ser incluídos no grupo prioritário de vacinação no AC; entenda

Deputado reclamou que já havia feito requerimento sobre a proposta, mas nada aconteceu

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

O deputado estadual Neném Almeida (sem partido) apresentou, nesta terça-feira (1), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), dois projetos de lei para inclusão de bancários e jornalistas nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19. Ele reclamou que já havia enviado ao governo requerimentos sobre o assunto, mas não teriam sido apreciados.

O parlamentar justificou que o Ministério da Saúde (MS) apresentou uma nota técnica em que passa aos estados e municípios 75% da gestão da vacinação, o que permitiria a inclusão de novos grupos prioritários conforme a demanda de cada região. Ele informou ainda que a Bahia e Cuiabá já incluíram profissionais da imprensa na lista de imunização através de projetos de lei.

Almeida citou um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) de que há 52% de chance de jornalistas serem infectados pelo coronavírus. Além disso, afirmou que o Brasil é o país onde mais se morrem trabalhadores da imprensa no mundo e que a pandemia fez com que o número de óbitos desses profissionais aumentasse ainda mais.

Sobre os bancários, o deputado argumentou que existem apenas 1.200 profissionais no Acre e que 30% deles já foram vacinados por estarem incluídos em algum outro grupo prioritário, como idade ou comorbidade. “Nos bancos existe muita gente junta por metro quadrado. Nosso serviço é essencial para o comércio, para o trabalho e para pagar contas. Já estamos fartos de pedirmos para sermos incluídos na lista de vacinação”.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.