29.3 C
Rio Branco
14 junho, 2021 2:40 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Covid mata garota de 15 anos e agrava lotação de UTIs em MS

Lista de espera por leitos covid-19 dispara no Estado

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) –  A SES (Secretaria de Estado de Saúde), divulgou no fim da manhã desta terça-feira (8), os dados atualizados da situação da pandemia de Covid-19 no Mato Grosso do Sul. Boletim hoje, aponta baixa nas mortes, porém se registra mais 25 pessoas que foram a óbito pelo coronavirus, entre elas uma menina de 15 anos, de Ponta Porã, que não havia nenhuma comorbidade. As UTIs continuam lotadas e lista de espera cresce a ‘cada hora’, nos últimos dias.

Segundo atualização, além dos óbitos no Estado que chegaram a 7.210 mortes no total geral, os infectados nas últimas 24 horas é de 1.106 novos casos, número este subestimado tendo em vista o retorno de um feriado prolongado. Até o momento são 304.315 casos confirmados em MS. O caso da adolescente foi notificado no dia 19 de maio e ela morreu dez dias depois.

O boletim também aponta agravamento da taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na macrorregião de Campo Grande. A taxa era de 106% ontem e nesta terça-feira (8), já aumentou sete pontos percentuais, indo para 113%, em 24 horas. Corumbá também passa e está em 107%.  Já as outras regiões apresentaram ligeira melhora. A macrorregião de Dourados foi para 98%, de Três Lagoas chegou a 97%.

Já os pacientes que seguem em tratamento nas unidades hospitalares públicas são 559 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 438 em leitos de UTI, local em que estão os mais graves. O total de internados é de 1.339, entre as redes públicas e privadas de saúde apresentando acréscimo.
Lista espera alta

A Lista de espera para os que aguardam por um leito de tratamento de covid no Estado está em crescimento constante e acelerado, forçando a transferência de doentes para outros estados.

A Central de Regulação de Campo Grande destaca mais 160 pessoas em lista de espera e em todo Estado são 251 pacientes.

E ainda se encontram aguardando para análise 4.120 amostras no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen) e parceiros. Segundo informações da SE, o processamento dos resultados leva em média 72 horas.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.